Domingo, 01 de Agosto de 2021
Follow Us

Sexta, 26 Março 2021 16:42

Armindo Francisco Kalupeteka (Ekuikui V) destituído do cargo de Rei do Bailundo

O rei Armindo Francisco Kalupeteka (Ekuikui V), condenado a 6 anos de prisão maior, foi destituído do cargo de Rei do Bailundo, segundo uma decisão de um colectivo de sobas daquela região do país.

As informações foram divulgadas nesta sexta-feira, 26 de Março, durante uma reunião do colectivo de sobas que compõe o Reino do Bailundo.

Segundo dados, o referido encontro tratou, entre outros pontos, da avaliação do trabalho de Armindo Francisco Kalupeteka (Ekuikui V), no período de 2012 a 2020.

Assim sendo, ficou concluído que, Armindo Kalupeteka está proibido de efetuar e ou receber visitas nas vestes de Rei, não podendo igualmente notificar nem realizar um julgamento.

Por outra, a reunião concluiu que Ekuikui V, não pode também exibir a batina de Rei.

No entanto, este colectivo de sobas comunica ao país, em particular, e ao mundo, em geral, que o cidadão Armindo Francisco Kalupeteka foi inconfundivelmente destituído do cargo de Rei do reino do Bailundo.

Condenado a 6 anos de prisão maior, por ter ordenado a execução de um cidadão num julgamento tradicional, o Rei do Bailundo disse, naquela altura, em entrevista ao Novo Jornal que foi condenado por razões políticas.

De recordar que, Armindo Kalupeteka, Ekuikui V, foi condenado no passado dia 02 de Fevereiro pelo Tribunal Provincial do Huambo (TPH) a pena de seis anos de prisão, por co-autoria no crime de homicídio voluntário preterintencional, ocorrido em 2017.

O tribunal disse ter provado a participação do soberano na morte do cidadão Jacinto Epalanga, a 14 de Março de 2017, na sequência de um julgamento tradicional, por crença ao feiticismo.

Rate this item
(1 Vote)

Log in or Sign up