Terça, 18 de Junho de 2024
Follow Us

Quarta, 22 Março 2023 16:09

António Venâncio ex-candidato à liderança do MPLA perde vários familiares num incêndio em Luanda

O militante do MPLA que tentou candidatar-se à liderança do partido em 2022, António Venâncio, anunciou hoje que perdeu vários membros da sua família num incêndio em Luanda.

“Poucas horas depois que acabava eu de referir que a vida humana era a mais valiosa riqueza de um país, fui surpreendido com uma notícia trágica, a mais trágica de sempre na minha família: oito membros da minha família acabavam de sucumbir em consequência de um incêndio”, anunciou Venâncio.

O engenheiro civil tentou, sem conseguir, disputar com João Lourenço a presidência do Movimento Popular de Libertação de Angola (MPLA), no poder desde 1975, e que voltou a vencer as eleições em 2022.

“Pais, filhos, meus sobrinhos e meus netos acabam de falecer neste momento. Uma família inteira!”, escreveu, na sua página da rede social Facebook.

Contactado pelo Lusa, o porta-voz do Serviço de Proteção Civil e Bombeiros, Faustino Miguéns, confirmou o incêndio, de que terão resultado seis vítimas, com idades entre 1 e 40 anos.

Segundo o responsável, os bombeiros receberam o alerta às 02:50 locais e quando chegaram ao local, no bairro do Rangel, Luanda, o incêndio já tinha sido extinto pelos populares.

“Fizemos apenas o rescaldo. Tomamos conhecimento que se encontravam na residência seis membros da mesma família, com idades de 1 a 40 anos, que foram transportadas ainda com vida para o Hospital Américo Boavida”, disse Faustino Migunes.

As mortes terão ocorrido devido à inalação de substâncias tóxicas “em função da concentração de fumos", avançou, indicando que os bombeiros acorreram ao local cerca de 15 minutos após terem recebido o alerta.

Rate this item
(0 votes)