Sexta, 23 de Fevereiro de 2024
Follow Us

Quarta, 04 Outubro 2023 19:08

João Lourenço autoriza venda de 12 unidades industriais em Luanda e Cabinda

O Presidente angolano autorizou a privatização, por alienação, através de concurso público, de oito unidades industriais em Luanda, maioritariamente localizadas na Zona Económica Especial (ZEE) Luanda-Bengo, e quatro outras na província de Cabinda.

O Despacho Presidencial nº 232/23, de 02 de outubro, consultado hoje pela agência Lusa, refere que a alienação destes ativos enquadra-se no Programa de Privatizações (2023-2026), que há necessidade de se concluir.

Na ZEE, vão para alienação a INDUCAMAR (unidade de fabrico de pneus e câmaras de ar), a INDUMASSAS (fábrica de massa alimentar), a INDUTUBO (fábrica de tubos HDPE), a MECAMETAL (unidade de fabrico de peças e estruturas metálicas), a PIVANGOLA (unidade de fabrico de pivôs de irrigação agrícola), a SIDUREX (siderurgia de laminação de aço) e a ZUB II (unidade de fabrico de vigas e painéis em betão).

A lista de bens a alienar inclui ainda o Complexo de Silos de Catete, em Luanda, e, na província de Cabinda, o Armazém de Chimbodo, o Complexo de Frio de Cabinda, a Cerâmica do Sassa Zau e a Moageira de Farinha de Trigo de Cabinda.

O Propriv 2023-2026, a segunda fase deste programa, inclui para privatização 73 ativos e empresas, dos quais 21 são empresas de referência nacional.

Rate this item
(1 Vote)