Sábado, 02 de Março de 2024
Follow Us

O coordenador do PRA JA Servir Angola, Abel Chivukuvuku, afirmou-se hoje confiante na legalização do seu projeto político em 2024, salientando que há outros caminhos além do Tribunal Constitucional (TC) .

Published in Politica

O projeto político PRA-JA Servir Angola, liderado por Abel Chivukuvuku, apresentou queixas-crime contra agentes do Estado afetos a administrações municipais por “atos de natureza dolosa” que contribuíram para inviabilizar a legalização do partido.

Published in Politica

Embora não tenha sido divulgado o real motivo da sua ida ao Tribunal Constitucional, o político Abel Epalanga Chivukuvuku foi recebido a seu pedido ontem, terça-feira, pela juíza conselheira presidente do Tribunal Constitucional, Laurinda Prazeres Monteiro Cardoso, na sede deste órgão superior em Luanda.

Published in Politica

"A peleja vai continuar! A odisseia vai continuar", é como o Partido do Renascimento Angolano - Juntos por Angola - Servir Angola (Pra-Ja Servir Angola) anuncia o recurso de agravo que interpõs contra o indeferimento do Tribunal Superior de reabir e reanalisar o processo de legalização daquele projeto político como partido.

Published in Politica

O projeto político PRA-JA Servir Angola, de Abel Chivukuvuku, anunciou um “recurso de agravo” depois de ter recebido a decisão do Tribunal Constitucional angolano que rejeitou rever o acórdão que inviabiliza a legalização do partido.

Published in Destaques
Página 1 de 19