Sexta, 19 de Abril de 2024
Follow Us

A Aenergy, de Ricardo Machado, foi afastada pelo Governo angolano dos contratos firmados para o fornecimento e manutenção de turbinas em centrais elétricas. A empresa portuguesa avançou com uma ação em Nova Iorque contra Angola e a gigante do sector energético General Electric

Published in Sociedade

As turbinas sob gestão da Aenergy foram arrestadas em dezembro - num processo que tem como queixoso o Estado angolano, que se considera lesado em mais de mil milhões.

Published in Sociedade

A Aenergy apresentou ao Tribunal Provincial de Luanda uma contestação ao que considera ser o arresto "ilegal e infundado" de quatro turbinas, peças e consumíveis da empresa, no decurso de uma providência cautelar intentada pelo Serviço Nacional de Recuperação de Activos da Procuradoria-Geral da República (PGR).

Published in Sociedade

A Procuradoria-Geral da República de Angola anunciou hoje que intentou uma providência cautelar de arresto contra a empresa Aenergy, liderada pelo português Ricardo Machado, por “indícios de violação” de contratos.

Published in Sociedade

A Aenergy, empresa do sector eléctrico liderada pelo português Ricardo Machado, acusou hoje o Estado angolano de "expropriação ilegal e infundada" de quatro turbinas e outros equipamentos, decisão que já está a contestar no Tribunal de Luanda.

Published in Economia