Sábado, 13 de Abril de 2024
Follow Us

Quarta, 14 Fevereiro 2024 14:34

Encontrado carro carbonizado, suspeito de pertencer à 'Máfia Angolana' que executou homem

O grupo armado com espingardas de assalto que executou um angolano no Bairro dos Navegadores, em Oeiras no Distrito de Lisboa, na madrugada de sábado, incendiou o carro usado no crime na Azinhaga do Barruncho, um bairro de barracas na fronteira dos concelhos de Odivelas e Loures.

O Mercedes preto onde os dois atiradores entraram após abaterem Vítor Barros Pereira com cinco tiros – quatro na cabeça e um no peito – tinha sido furtado e o grupo terá ateado o fogo ao carro com o objetivo de eliminar qualquer prova que o ligue ao homicídio, como impressões digitais ou vestígios biológicos (cabelos, sangue, suor, etc.).

Vítor Barros Pereira, de 35 anos, terá sido atraído para uma emboscada que poderá estar relacionada com negócios de droga. Ao lado do corpo foram encontrados milhares de euros e kwanzas (moeda de Angola).

Rate this item
(0 votes)