Sábado, 24 de Fevereiro de 2024
Follow Us

Terça, 05 Dezembro 2023 18:43

Combate à corrupção é essencial para investimentos mas ainda é frágil, dizem analistas angolanos

Numa altura em que Angola busca um aumento de investimentos estrangeiros, particularmente por parte dos Estados Unido, a necessidade de um acérrimos combatà corrupção voltou a ser enfatizado por economistas e analistas que dizem que sem isso será difici atraír fundos para o país

Segundo o especialista em economia e professor Nataniel Fernandes, o não fortalecimento das instituições do país fragiliza grandemente qualquer iniciativa de combate a corrupção no país.

“Um combate à corrupção sério passa por fortalecer das instituições, (porque as) nossas instituições aqui ainda não são livres”, disse afirmando que as instituições do estado continuam “atreladas” ao presidente.

Fernandes diz que Angola precisa da cooperação com Estados Unidos no combate à corrupção, para o controlo dos financiamentos públicos e denuncia que muitas entidades envolvidos no combate à corrupção estão a se enriquecer com os dinheiros da corrupção.

“Ainda temos muitas instituições que não prestam conta, basta ouvir a ministra das finanças... enquanto a maior parte das instituições não prestarem conta maior será a corrupção”, afirmou acrescentando que há. “muita gente que estão ligados ao combate que estão a se enriquecer com a corrupção” .

Para o comentador Ekundy Chissolukombe, um dos grandes exemplos da fragilidade do combate à corrupção em Angola é o chefe de estado, João Lourenço ter no seu gabinete, Edeltrudes Maurício Fernandes Gaspar Costa, atual Ministro e Diretor do gabinete do Presidente da República, constantemente citado em escândalos de corrupção.

“Até hoje vimos no gabinete do senhor presidente o seu diretor de gabinete que apesar de gozar de presunção de inocência já não se pode admitir que fique próximo de nós”, disse.

Para o jurista e professor Manuel Cornélio, há uma grande vontade do presidente João Lourenço, em combater a corrupção, mas entende que o combate tem sido feito de forma seletiva.

Em Luanda decorre neste momento um Workshop Conjunto entre Organizações da Sociedade civil e a Mídia sobre Colaboração em Questões de Redução da Corrupção financiado pelo Departamento de Estado Americano. VOA

Rate this item
(0 votes)