Sábado, 09 de Dezembro de 2023
Follow Us

Sexta, 08 Julho 2022 16:17

ADEUS Zédu: CASA-CE manifesta consternação e destaca "concretização da paz"

A Convergência Ampla de Salvação de Angola – Coligação Eleitoral (CASA–CE), na oposição, manifestou hoje consternação pela morte de José Eduardo dos Santos, considerando que o maior feito do ex-presidente foi a “concretização da paz”.

A CASA-CE “lamenta com sentido pesar a eterna partida de José Eduardo dos Santos, para muitos um amigo, companheiro, político e estadista cujo maior feito do seu percurso político à frente dos destinos de Angola e dos angolanos assenta na concretização da paz, alcançada em 04 de abril de 2002”, refere-se numa nota de condolências assinada pelo presidente do colégio presidencial do partido, Manuel Fernandes.

Na nota, o partido da oposição endereçou “as mais sentidas condolências” à família enlutada, aos amigos, colegas, ao partido Movimento Popular de Libertação de Angola (MPLA, no poder) e ao povo angolano.

José Eduardo dos Santos morreu hoje aos 79 anos numa clínica em Barcelona, Espanha, após semanas de internamento, anunciou a presidência angolana, que decretou cinco dias de luto nacional.

José Eduardo dos Santos sucedeu a Agostinho Neto como Presidente de Angola em 1979 e deixou o cargo em 2017, cumprindo uma das mais longas presidências no mundo, marcada por acusações de corrupção e nepotismo.

Em 2017, renunciou a recandidatar-se e o atual Presidente, João Lourenço, sucedeu-lhe no cargo, tendo sido eleito também pelo Movimento Popular de Libertação de Angola, que governa no país desde a independência de Portugal, em 1975.

 

Rate this item
(0 votes)