Sábado, 10 de Dezembro de 2022
Follow Us

Sábado, 07 Março 2020 00:09

MPLA: Veteranos denunciam criação de gabinete para denegrir opositores

Anabela dos Santos Dinis Anabela dos Santos Dinis

Um grupo de veteranos angolanos ligados ao MPLA, partido no poder desde 1975, mostram-se descontentes com a nova filosofia de trabalho de João Lourenço, actual presidente daquele partido por ter alegadamente criado um gabinete com fim único denegrir opositores.

Adalberto Costa Júnior, actual presidente da UNITA, Luyana Ginga “Savimbi” filha de Jonas Savimbi são algumas vítimas do referido grupo.

O actual gabinete para Cidadania e Sociedade Civil, dirigido pela Anabela dos Santos Dinis, segundo os veteranos, teve recentemente o reforço do sociólogo Aniceto Cunha, Diamantino Martins e Wankana de Oliveira todos com cursos básicos em marketing político no Brasil para defender/denegrir os opositores de João Lourenço.

Sabe-se que o grupo já atacaram duramente dirigentes do MPLA e da oposição com alguma particularidade a UNITA onde “mencionam uma suposta relação entre actual presidente da UNITA e uma das filhas de Jonas Savimbi” conta a fonte.

Um clima de tensão vem se criando entre os veteranos do MPLA e a actual gestão do MPLA acrescentando ao facto dos generais mostram-se descontentes com a forma como um dos seus colegas Bento Kangamba, general na reforma foi tratado a quando da sua detenção no Cunene.

O referido grupo tem actuado como um verdadeiro gabinete de acção psicológica e não para cidadania, procurando igualmente manipular a opinião pública nacional e internacional. O DECRETO 

Rate this item
(2 votes)