Segunda, 27 de Mai de 2024
Follow Us

Quinta, 18 Mai 2023 16:54

SIC detém dois cidadãos nacionais por falsificação de Kwanzas

O Serviço de Investigação Criminal (SIC) apresentou hoje, quinta-feira, em Luanda, dois cidadãos nacionais, de 27 e 40 anos de idade, integrantes de uma rede criminosa que se dedicava à prática de crimes de falsificação de moeda nacional.

O porta-voz do SIC, superintendente de investigação criminal Manuel Halawia, informou à ANGOP, que os indivíduos foram flagrados em posse de 820 mil kwanzas falsos, com notas de cinco mil.

Foram ainda apreendidas algumas películas usadas na fabricação deste dinheiro, numa altura em que planeavam introduzir estas notas no mercado informal.

Referiu que os cidadãos em causa estão em conluio com um suposto cidadão estrangeiro, de nacionalidade eritreia, já identificado, porém em fuga, com quem estavam a arquitectar a produção de mais notas.

Desmantelamento de grupo de marginais

Por outro lado, SIC desmantelou, parcialmente, uma grupo de delinquentes composto por quatro cidadãos nacionais, três já detidos, com idades compreendidas entre 27 e 44 anos de idade, implicados nos crimes de homicídio, roubo de viaturas, de dinheiro e bens diversos, nos municípios do Cazenga e Cacuaco.

Segundo o porta-voz do SIC/Luanda, superintendente-chefe Fernando de Carvalho, a quadrilha, que actuava preferencialmente nos bairros Kalawenda e Petrangol, usava uma viatura de marca Toyota, modelo corolla, e uma arma de fogo do tipo pistola.

Portanto, apurou-se que no caso do roubo da viatura, estes fizeram-se passar por passageiros e depois de uns metros percorridos anunciaram o assalto e apossaram-se da viatura, abandonando o seu proprietário em zona erma e escura.

Detalha que com a mesma viatura executaram as suas acções, simulando serviço de táxi e no decurso da viagem, em uma zona isolada, assaltavam os passageiros.

A quadrilha está ainda implicada no crime de homicídio ocorrido no Distrito Urbano do 11 de Novembro, bairro Cândua, no passado dia 26 de Abril deste ano, em que foi vítima um indivíduo ainda por se identificar. O acto foi perpetrado no interior de uma viatura de marca Toyota, Corolla, de cor Cinzenta.

Rate this item
(0 votes)