Terça, 31 de Janeiro de 2023
Follow Us

Segunda, 29 Agosto 2022 17:52

Eleições: Nova vice-presidente angolana diz que MPLA seguiu números oficiais da CNE

A futura vice-presidente de Angola, Esperança Costa, agradeceu hoje a vitória dada ao Movimento Popular de Libertação de Angola nas eleições de 24 de agosto e disse que o partido apenas cumpriu a decisão da Comissão Nacional Eleitoral (CNE).

Questionada pela agência Lusa sobre as queixas da oposição contra os resultados anunciados pela CNE, Esperança Costa limitou-se a dizer que o MPLA reivindicou a vitória porque as autoridades oficiais assim o indicaram.

“Não tem nada a ver connosco, tem a ver com a CNE, nós somos um partido que assumiu os resultados que a CNE divulgou”, disse a nova governante.

“Estou bastante satisfeita e agradecida a todo o povo angolano, a todos os militantes e simpatizantes do MPLA que se dirigiram às urnas e depositaram o seu voto no nosso partido, no nosso líder, no nosso candidato João Manuel Gonçalves Lourenço”, afirmou, insistindo que agora o país deve estar focado na governação.

“Estamos disponíveis para dar todo o apoio ao nosso presidente, para continuar a consolidar a paz no nosso país, para a estabilidade, desenvolvimento sócio-económico de Angola e para a prosperidade de todos os angolanos sem exceção”, acrescentou.

O MPLA venceu as eleições em Angola com 51,17% dos votos contra 43,95% da União Nacional para a Independência Total de Angola (UNITA), segundo os resultados definitivos anunciados pela CNE.

Segundo os dados apresentados, votaram 44,82% dos 14,4 milhões de eleitores, com 1,67% de votos brancos e 1,15% de votos nulos.

O plenário da CNE proclamou assim Presidente da República de Angola, João Lourenço, cabeça de lista do MPLA, o partido mais votado e vice-presidente, Esperança da Costa, segunda da lista do MPLA.

Os resultados divulgados confirmam os dados provisórios anunciados na sexta-feira que apontavam já para a vitória do MPLA, que a UNITA contesta.

Rate this item
(0 votes)