Sábado, 25 de Mai de 2024
Follow Us

Sexta, 12 Abril 2024 12:16

João Lourenço inaugura Hospital Geral de Viana Bispo Emílio de Carvalho

O Presidente da República, João Lourenço, inaugurou esta sexta-feira, em Luanda, o Hospital Geral de Viana Bispo Emílio de Carvalho, com capacidade para 356 camas, metade das quais reservadas à pediatria.

Depois da inauguração, o Chefe de Estado, acompanhado da Primeira-Dama, Ana Dias Lourenço, realizou uma visita guiada à unidade sanitária, localizada no distrito Urbano do Zango, município de Viana.

O hospital, ​que foi erguido em três anos, está orçado em 125 milhões e 500 mil euros e vai empregar mil e 200 funcionários, incluindo médicos, enfermeiros, técnicos de imagiologia e de laboratório.

Com cinco salas de operação, oito enfermarias para internamento, um centro de diagnóstico centralizado, a unidade conta ainda com serviço de emergência, sectores de obstetrícia e ginecologia, pediatria, ortopedia e medicina geral.

Nas consultas externas conta com outras valências, como clínica geral, cardiologia, neurologia, otorrino, oftalmologia, ortopedia/traumatologia, ginecologia/obstetrícia, estomatologia, urologia, cirurgia geral, anestesiologia e oncologia, bem como serviço de endoscopia, laboratórios, imagiologia, diálise, e reabilitação e terapia.

Perfil do ​homenageado

Emílio Júlio Miguel de Carvalho nasceu em Agosto de 1933 na região de Pungo Andongo, província de Malanje.

Consagrado ao Episcopado a 21 de Outubro de 1972, foi eleito na Conferência Central de África que se reuniu em Limbe, Malawi, como o primeiro angolano a dirigir a Igreja Metodista Unida de Angola.

Antes, foi ordenado diácono em Junho de 1960, na primeira Igreja Metodista de Wisconsin Rapids, nos Estados Unidos da América (EUA) e presbítero a 22 de Janeiro do mesmo ano, na Igreja Metodista Central de Luanda.

Em Agosto de 1961 foi preso pela PIDE. Dois anos depois, em Abril, foi colocado em “liberdade vigiada”, com residência fixa.

Exerceu cargos de alta responsabilidade a nível da religião como Presidente Geral da Juventude da Igreja Metodista em Angola (1950 a 1953), professor e reitor do Seminário Emanuel, na Missão do Dondi Angola (1965-1972).

Foi o primeiro bispo angolano da Igreja Metodista e reeleito bispo vitalício pela Conferência Central de África.

Autor, tradutor e escritor, casado com Marilina Stella de Jesus Figueiredo, há mais de 47 anos, é Cidadão Honorário da Cidade de Luanda, desde 2002, tem nove obras literárias publicadas e dezenas de artigos estampados em revistas de especialidade.

Rate this item
(1 Vote)