Sábado, 26 de Novembro de 2022
Follow Us

Quinta, 06 Outubro 2022 14:33

Mulher detida no aeroporto de Luanda com 14 quilos de cocaína

Uma mulher foi detida no aeroporto internacional de Luanda na posse de 14 quilogramas de cocaína em estado líquido, proveniente do Brasil, informou hoje o Serviço de Investigação Criminal (SIC).

De acordo com uma nota do SIC, a mulher, de 36 anos, é vendedora ambulante no mercado do Kikolo e armazéns do Hoji-Ya-Henda, em Luanda, e serviu de "mula" para o transporte da droga, que se encontrava dissimulada em sete embalagens de detergente, no interior de duas malas de viagem.

A suspeita chegou a Luanda num voo da companhia aérea Etiópia Airlines, mas o SIC apurou que a comerciante foi recrutada como “mula” no Brasil, na rota São Paulo/Addis Abeba/Luanda, e caso fosse bem sucedida receberia uma recompensa de 400 dólares.

"Após o desembarque de passageiros, mediante ação operativa no quadro da fiscalização de bagagens, as duas malas foram sujeitas a verificação intrusiva, pelos técnicos da AGT [Administração Geral Tributária], em que se determinou no interior dessas embalagens, respetivamente três a quatro embalagens com rótulo de detergentes, contendo, dissimulada no interior, uma substância em estado líquido de cor branca, que submetida ao teste colorimétrico, por peritos do Laboratório de Criminalística resultou em positivo para a droga do tipo cocaína, com o peso de 14.392 kg", refere a nota do SIC.

Em agosto, o SIC anunciou a apreensão de 164 quilogramas de cocaína dissimulada em 11 caixas de frango congelado, num contentor de 40 pés, proveniente do Brasil.

Nesse caso, a maior apreensão de cocaína este ano, foram detidos dois cidadãos estrangeiros, um brasileiro e um palestiniano, responsáveis da empresa importadora, por suspeita de envolvimento na ação criminosa.

No ano em curso, há ainda a registar a morte, em Angola, de duas "mulas" por ingestão de cápsulas de droga do tipo cocaína.

Rate this item
(0 votes)