Quinta, 29 de Setembro de 2022
Follow Us

Quinta, 28 Julho 2022 21:58

Três órgãos multados em quase 2 milhões de kzs por existência de jornalistas sem Carteira

A Comissão de Carteira e Ética (CCE) aplicou, recentemente, multas em valores monetários à Radiodifusão Nacional de Angola (RNA), à Rádio Despertar e ao Novo Jornal, por manterem jornalistas no exercício da profissão sem estarem certificados e habilitados para o efeito.

O Conselho de Ética da CCE, segundo avançou Angop, multou a estação radiofónica pública, no valor de 1.605.905,75 (um milhão, seiscentos e cinco mil, novecentos e cinco e setenta kwanzas e cinco cêntimos) por insistir no activo quatro funcionários.

De igual modo, puniu a Rádio Despertar e o Novo Jornal com o pagamento de 321.181,15 (trezentos e vinte e um mil, cento e oitenta e um kwanzas e quinze cêntimos), por terem tido cada um profissional nas mesmas condições, sem carteira, mesmo esgotados os 180 dias de moratória deste a entrada em funções da CCE.

Em comunicado, a Comissão de Carteira e Ética esclarece que a entidade patronal não deve manter ao seu serviço como jornalista quem não se encontra devidamente certificado e habilitado, à luz das disposições legais.

Na mesma nota de imprensa datada de 27 de julho, assinada pela presidente Luísa Rogério, a CCE expressa o desejo de cooperação com vista o exercício efectivo da auto-regulação da actividade jornalística em Angola, em obediência ao desígnio de consolidação do Estado de Democrático e de Direito.

Rate this item
(0 votes)