Domingo, 05 de Fevereiro de 2023
Follow Us

Sexta, 28 Mai 2021 20:11

Caso milhões: Major Lussaty ouvido na DNIAP

A Direcção Nacional de Investigação e Acção Penal (DNIAP) da Procuradoria Geral da República (PGR) interrogou, ontem, durante quatro horas, o major das Forças Armadas Angolanas (FAA), Pedro Lussati, colocado na Banda de Música da Unidade de Guarda Presidencial (UGP).

Lussati foi detido, recentemente, em Luanda, pelo Serviço de Investigação Criminal(SIC), acusado de crimes de peculato, branqueamento de capitais, retenção de moeda e outros.

Uma fonte familiarizada com o assunto disse, ontem, ao jornal OPAÍS que apesar deste período de interrogatório, até ao fecho desta edição nada tinha transpirado a público, cuja audição foi também extensiva a um sobrinho com quem coabitava em comunhão de mesa.

Pedro Lussati está a ser defendido pela advogada Manuela Mendes, do Escritório David Mendes e Associados, filha do conhecido advogado e activista dos Direitos Humanos, David Mendes, da Associação Mãos Livres. No acto da detenção, numa das suas residências, foram encontradas avultadas malas de dinheiro com milhões de dólares, euros e Kwanzas, bem como viaturas de luxo.

Após a sua detenção, com auxílio do Serviço de Informação e Segurança de Estado( SINSE), vários generais da Casa de Segurança do Presidente da República foram exonerados pelo Presidente da República, enquanto Comandante em Chefe, suspeitos de cumplicidade no crime. OPAIS

Rate this item
(1 Vote)