Sábado, 21 de Mai de 2022
Follow Us

Sexta, 28 Janeiro 2022 15:00

António Venâncio alerta angolanos impávidos perante grave violação constitucional

O Engenheiro Civil e militante do MPLA, António Venâncio, lançou um apelo esta sexta-feira, 28 de janeiro aos cidadãos angolanos, no sentido de despertar a sua atenção face ao que considera gravosa violação à Constituição da República.

Para António Venâncio, os angolanos não podem continuar impávidos perante violação constitucional tão gravosa de o líder da Nação ser, simultaneamente Presidente da República, Chefe de Estado, Chefe do Executivo, Comandante em Chefe das Forças armadas e líder partidário, um facto que muito recentemente abordou.

O militante há mais de 45 anos no MPLA, disse também que está em pleno alinhamento com os seus camaradas que, interpretando corretamente a Constituição da República, concordam que a violação deve cessar.

"Estou alinhado com os angolanos que entendem que, sendo as forças armadas angolanas apartidárias, os partidos políticos não podem ser liderados por comandantes militares das Forças armadas no activo", reiterou, acrescentando que prefere seguir o que dispõe a Constituição a respeito.

Nestes termos, apelou que o desrespeito às leis e sobretudo à Constituição denotará uma tremenda falta de educação cívica e moral, um déficit de sentido de Estado e uma exótica violação às regras da convivência social democrática e nao contribui para a concórdia nacional.

"Aquele que vencer as próximas eleições gerais deve, por obrigação Constitucional, abdicar de qualquer cargo partidário. Podem os angolanos contar com meus esforços nesse sentido", disse finalmente.

Rate this item
(0 votes)