Quarta, 19 de Junho de 2024
Follow Us

Terça, 22 Agosto 2023 18:50

João Lourenço: O problema do MPLA

Angola vive momentos extremos a todos os níveis, desde a subida dos combustíveis, aumento dos preços dos produtos alimentares, a inflação galopante, onde a nota de 100 dólares vale 100.000,00 Kwanzas, a do Euro, seguramente mais cara, em quanto hoje esteja a oscilar, mas sempre alta, a falta de emprego por parte dos cidadãos, a falta de habitação condígna, saneamento básico, a falta de escolas, de educação, de saúde, estradas, medicamentos, a falta de hospitais etc; todo esse mal, quem causou foi o chefe do executivo, o presidente da república de nome: João Lourenço há seis anos no poder.

Todos os problemas que vive o povo angolano hoje,  tem como obstáculo: o comandante em chefe das forças armadas de Angola.

A Constituição da república de Angola dá super-poderes ao presidente da república e por causa disso, abusa a bel-prazer do sofrimento dos angolanos que vivem na penúria faz 39 anos.

Jlo é a causa primeira de todos os males em Angola!

Jlo é o problema por excelência do MPLA.

Fontes fidedígnas internas, dizem que o suposto presidente de Angola, não ouve ninguém; e que é rancoroso, duro de pensamento, radical em fazer mal ao povo angolano, destruidor de famílias, maldoso, sem amor, ditador de tipo militar. Dizem às entidades do próprio regime; àqueles que só sabem falar na discrição sob pena de serem sancionados se fizerem declarações abertas.   

A constante violação da Constituição e da Lei, a super dependência das instituições públicas do Estado, a dependência dos serviços de inteligência e contra intelegência a favor do partido Estado e de seu presidente, fragileza o bom andamento e funcionamento da “RES” e cria um mal estar social, económico à vida de todos nós. O País anda doente porquanto nada funciona; a insegurança atormenta as famílias, a classe média deixou de existir; os pobres tornaram-se miseráveis, as crianças falam política, ficam na rua a engraxar sapatos, quando devia mestar na escola, ficam a chupar gasolina e a comer no lixo, assim como os jovens, a prostituição triplicou, o sida quatriplicou e as famílias continuam mais doentes que ontem. A quem se deve atribuir a culpa? Ao senhor presidente do Mpla.

Hoje, o Mpla é o partido mais  impopular da região subsariana de África; impopularidade jamais  vista no passado do regime! Promove a desunião, a discórdia, a intriga, a desinformação, a guerra, o racismo e outros males. 

Senhor Jlo, como pretende continuar a governar Angola, quando nada faz em prol do angolano? Como deseja governar Angola se viola sempre a Constituição e a Lei? Como quer continuar a dirigir os destinos do país se o senhor cafricou os Tribunais?  O senhor não consegue enxergar que Angola bateu no poço? Não sabe que ninguém gosta de si? Porquê insiste em governar um povo que não o votou?

A sua impopularidade atingiu o auge da desgraça. O senhor está de rastos. Nada faz em prol dos angolanos e nem permite que outros o façam; então, o senhor deseja a neutralização de milhares de cidadãos como sacrifício ritual para fins inconfessos individual?

Cada dia que passa, que amanhece, Jlo fica sozinho. Ele, não se dá conta dos tamanhos erros que comete dia após dia. Não sabe ler os sinais dos tempos, nem aceita conselhos das igrejas, da sociedade civil, dos partidos políticos da oposição e nem dos membros do próprio partido Estado. Aceita apenas conselhos vindos de si mesmo.

Deixo-lhe um conselho genérico, senhor presidente, nesse momento de grande turbulência interna e de  maior risco para si e seu governo débil:

A-)Se quiser mudar o quadro actual da sua impopularidade em Angola, deve fazer reforma profunda do Estado. Não tenha receio e medo; mude 50% do seu executivo e coloque gente comprometida com o país.

B-) Convoque  eleições autárquicas para 2024

C-) Torne plural os meios de comunição social; isto é, independência dos meios públicos

D-) Crie políticas economicas viradas para os jovens

E-) Seja prático e deixe de ser teórico

F-) Coloque o angolano em primeiro lugar, segundo lugar, terceiro, quarto…

G-)Deixe de fazer contratos simplificados para suas empresas , de seus familiares e amigos

H-)Dialogue com seus opositores sobre os novos passos que se podem dar para Angola

Todavia, só assim, os níveis de credibilidade popular irão crescer, irão melhorar. O angolano sabe reconhecer e elogiar alguém, quando esse fizer alguma coisa a favor da maioria. Tudo está a depender do senhor Jlo se quiser dar rumo diferente dessa Angola martirizada faz muitos anos.

Os membros do Mpla deviam ter coragem em mudar o quadro das coisas, alertando, com razão lógica de como o país está no buraco e que é hora de o tirar de lá, mas com o esforço de todos. Se os membros do Mpla, nada fazerem é porque não estão com Jlo e portanto, a acusação e destituição de João Lourenço é legítima e tudo pode acontecer na Assembleia, aquando da entrada do processo, em voto secreto.

Por: Talangongo Okol

Rate this item
(1 Vote)