Domingo, 28 de Novembro de 2021
Follow Us

Segunda, 25 Outubro 2021 12:04

O cá se faz e cá se paga "os Garcias Miala & Norberto"

Sabem do perigo que pode ser para eles quando a mudança chegar? Olha que são quase 50 anos de muita dor, muitas lágrimas e muito sangue que tem se feito verter pior e pela agravante de ser grande parte em pleno dito período considerado como de paz.

Mas este cá se faz e cá se paga ainda bem que é uma expressão no sentido de se fazer justiça mais tarde ou mais cedo. E quem tem consciência de ter feito tanto mal contra filhos deste país nossos conhecidos e tantos anônimos, não tem como não temer a mudança. E odiar o Adalberto ao extremo já que é o consagrado e escolhido por todos os angolanos.

Para encabeçar a mudança que se pretende para que haja justiça digna igual para todos, assim como convivência pacífica e harmoniosa entre os angolanos.

Não é por acaso que Miala e seus pares são apontados como os entre os que mais odeiam o Adalberto ao extremo. Mas quero lhes avisar de que nada lhes valerá por mais poderosos que se julgam.

Porque afinal quer queiram ou não, a mudança é irreversível vai mesmo acontecer mais tarde ou mais cedo essa é uma certeza absoluta que tenho. Na religião em que fui educado e cresci, cá se faz cá se paga significa que quem cometeu alguma injustiça ou agiu de modo incorreto.

Pagará pelo seu pecado enquanto ainda for vivo, mas eu não teria nada contra, se mesmo depois de morto quem fez tanto mal que fosse enterrado algemado.

Mas um aspecto importante que qualquer um de nós deve e tem mesmo que considerar não só. Assim como manter em sua mente, é que este cá se faz e cá se paga, não pode e nem deve significar vinganças nem ajustes de contas.

Assim como não pode e nem deve também significar, que encaramos as mortes todas que têm acontecido, como as eliminações seletivas dos nossos irmãos por serem da UNITA.

De empresários que não alinham com o sistema, de políticos de quase todos os partidos e até mesmo do MPLA, de jornalistas e activistas cívicos e políticos como se nada de mau tivesse acontecido.

Este cá se faz e cá se paga na minha interpretação nesta crónica, também é um alerta para que se tenha muito cuidado, que não se devem valer das posições privilegiadas em que se encontram posicionados.

Para praticarem todo tipo de maldade como tem sido contra este país e povo por se julgarem mais poderosos e onipotentes do que o resto de angolanos.

Pois enganam-se e o tempo vai provar isso, qualquer dia tarde ou cedo, podem ter a certeza absoluta como eu tenho

Continuarei

Fernando Vumby

Rate this item
(1 Vote)

Log in or Sign up