Sexta, 14 de Junho de 2024
Follow Us

Quarta, 15 Mai 2024 10:33

Voos da TAAG considerados de “elevado risco” pelas autoridades portuguesas por causa do tabaco

Trabalhadores da companhia aérea transportavam quantidades de cigarros acima do limite permitido e alegadamente para fins comerciais. CEO da TAAG ameaça suspender, até dois anos, quem infringir as normas.

 Os voos da TAAG estão a ser considerados de “elevado risco” pelas autoridades portuguesas por causa do transporte de bagagens com “volume de tabaco acima do limite legal, revela a própria transportadora angolana numa nota interna distribuída aos colaboradores a que o Valor Económico teve acesso.

A instituição que mais se tem queixado à companhia aérea é a Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) portuguesa. O tabaco tem sido transportado por funcionários da TAAG na condição de passageiros, mas com bilhetes de passagem emitidos ao abrigo do regulamento da companhia de obtenção de facilidades. Ao que este jornal apurou, o tabaco transportado teria motivação comercial.

Na determinação de serviço, destinada aos trabalhadores e assinada pelo presidente da comissão executiva, Nelson Rodrigues de Oliveira, a empresa lembra que o uso da facilidade de bilhete de passagem tem "carácter particular", "sem fins lucrativos" e, por isso, os funcionários "não devem contrariar as normas e regula- mentos dos países para onde se desloquem".

Para reverter a situação, tentar reparar os danos e resgatar a "boa imagem" e "credibilidade" da companhia, Nelson Rodrigues de Oliveira decidiu proibir o transporte de tabaco em "quantidades não permitidas". A proibição atinge também os familiares dos trabalhadores. Quem não acatar a medida terá o benefício da facilidade de bilhete suspenso por dois anos e arrisca- -se a submeter-se a um processo disciplinar.

TRANSPORTE DE CIGARROS COM REGRAS

A TAAG permite o transporte de até 400 cigarros ou 500 gramas de charutos ou outros produtos de tabaco. Este limite é permitido para cidadãos com mais de 18 anos, de acordo com a página oficial da companhia aérea. Já de acordo com as regras da União Europeia (UE), de que Portugal faz parte, o limite superior são 200 cigarros ou 100 cigarrilhas. As regras europeias impõem que os cidadãos maiores de 17 anos podem combinar qualquer quantidade destes produtos do tabaco, mas não podem exceder o limite total. Valor Económico

Rate this item
(0 votes)