Terça, 25 de Junho de 2024
Follow Us

Sexta, 05 Janeiro 2024 13:07

Históricos comandantes passam à reforma por indicação do PR

Três nomes históricos da Polícia Nacional, os comandantes e comissários-chefes, Elisabeth Maria Rank Frank "Beti", António Maria Sita e Eduardo Cerqueira. Foram passados à reforma por indicação do Presidente da República.

Elisabeth Maria Rank Frank, a famosa comandante "Beti", foi a primeira mulher a atingir a patente de comissário-chefe da Polícia Nacional, na história de Angola foi, até aqui, a única mulher a ocupar o cargo de comandante da PN em Luanda.

A comandante "Beti", conhecida no seio da polícia pela rua rigidez, substituiu no cargo de comandante provincial em Luanda o igualmente histórico comissário Quim Ribeiro, entretanto a conta com a justiça há vários anos. No mesmo Decreto Presidencial o Chefe de Estado reformou também os comissário-chefe e ex-2.º comandante geral da PN, António Maria Sita e Eduardo Fernando Cerqueira, que já ocuparam os cargos de comandante provincial de Luanda da PN.

Foram ainda reformados os comissários-chefe António Vicente Gimbe, Alfredo Quintino Lourenço e Mário Augusto de Oliveira Santos.

Em outro Decreto Presidencial, o Chefe de Estado nomeou dezenas de oficiais comissários da Polícia Nacional, do Serviço de Investigação Criminal, generais e almirantes. Entre os nomeados destaca-se o tenente-general António José Neto para o cargo de comandante da Região Militar Norte.

Foram nomeados também oficiais comissários do Serviço de Investigação Criminal (SIC), com destaque para os comissários de Investigação Criminal José Carlos de Barros Gomes, director de Identificação e Cadastro do SIC, Rufino Mário Zangui, director de Combate ao Narcotráfico, e Armando Domingos Capapa Agostinho, director de Combate aos Crimes de Fraudes Financeiros e Fiscais. NJ

Rate this item
(1 Vote)