Quarta, 06 de Dezembro de 2023
Follow Us

Quinta, 29 Junho 2023 12:24

Ministra das Finanças tranquiliza funcionários públicos sobre salários de junho

A ministra das Finanças de Angola afirmou hoje que os funcionários públicos podem ficar descansados com o pagamento dos salários, salientando que estão já liquidados a quase totalidade dos ordenados de junho.

Vera Daves de Sousa, que falava hoje à margem da apresentação dos resultados de um estudo sobre a inclusão financeira em Angola, tranquilizou os funcionários públicos angolanos, sublinhando que foram já pagos 207 mil milhões de kwanzas (279,8 milhões de euros) e falta apenas liquidar um valor residual, de 5,5 milhões de euros.

"Faltam 4,1 mil milhões de kwanzas por pagar, devem estar concluídos ainda hoje. Queremos tranquilizar as angolanas e os angolanos que o Estado continua a ser capaz de cumprir com os seus compromissos elementares -- salários, serviços da dívida, despesas de funcionamento das principais instituições", referiu a ministra.

Segundo Vera Daves de Sousa, os últimos atrasos salariais têm a ver com "algum desfasamento entre o momento em que entra a receita e a data dos nossos compromissos".

"Isso faz com que algumas vezes aconteçam alguns atrasos, o que estamos a fazer para evitar esses atrasos, que temos consciência que tem impacto na vida das famílias, é com as unidades orçamentais calibrar prioridades", disse Vera Daves de Sousa.

A governante angolana frisou que para algumas categorias de despesas o Governo tem que "recalibrar prioridades, condensá-las, reduzi-las".

"Para que nesse ambiente em que as receitas fiscais são menores daquelas que esperávamos, estamos a ter a produção petrolífera com uma performance abaixo daquilo que prevíamos quando fechamos o OGE [Orçamento Geral do Estado], estamos a ter o preço do petróleo bastante volátil e nalguns meses abaixo daquilo que estava previsto", salientou.

A titular da pasta das Finanças de Angola sublinhou que num cenário em que as receitas fiscais são menores é necessário alterar prioridades de governação, garantindo sempre os compromissos assumidos, como é o caso dos salários.

"Junho está tranquilo, vamos conseguir fechar todos os salários até hoje e já vamos a partir de amanhã começarmos a prepararmo-nos para que em julho também consigamos e nos meses seguintes consigamos cumprir com esse compromisso tão importante para os funcionários públicos, no devido tempo e sem causar stress às famílias", destacou.

Rate this item
(1 Vote)