Quarta, 29 de Março de 2023
Follow Us

Sábado, 17 Dezembro 2022 21:12

João Lourenço condena assaltos na Sede do SJA e dá apoio à manifestação

O Presidente angolano disse que os recentes assaltos à sede do Sindicato dos Jornalistas Angolanos (SJA) tinham tido como objectivo desacreditar o seu Governo e manifestou apoio à manifestação dos jornalistas programada para este sábado, 17, em Luanda.

Para o João Lourenço é impensável que as autoridades cometessem a “asneira” de assaltarem a sede do sindicato.

Numa entrevista à VOA em Washington, Lourenço disse que o seu Governo continua empenhado na defesa dos jornalistas e da liberdade de expressão, acrescentando que “o que é preciso é que a polícia faça a devida investigação para se apurar quem são os responsáveis”.

“Os responsáveis desta acção condenável não pretendem outra coisa senão responsabilizar o Governo por isso”, afirmou o Presidente para quem “nós temos sido os maiores defensores dos jornalistas, defendemos a liberdade de imprensa, a liberdade de expressão”.

“Não faz sentido que o Governo cometa uma asneira tão grande quanto essa”, sublinhou o Presidente angolano, quem acrescentou que a manifestação de hoje de protesto contra os assaltos “é bem-vinda”.

“É um direito que lhes cabe e devem, sim senhor, manifestar-se para se fazer sentir a necessidade de o Estado assumir a sua responsabilidade de investigar isso”, disse o Presidente.

“Isso deve estar já a ser feito e acredito que as polícias estão a trabalhar no assunto”, acrescentou João Lourenço.

“A manifestação que saia e que se condene quem tem que se condenar mesmo sem se saber ainda quem são os responsáveis”, afirmou João Lourenço, que participou de 13 a 15 na Cimeira Estados Unidos-África, em Washington. VOA

Rate this item
(0 votes)