Quarta, 28 de Setembro de 2022
Follow Us

Sábado, 03 Julho 2021 19:44

O erro do MPLA produzir bolsonaros em Angola está bem patente - diz deputado Maurilio Luiele

O quadro da UNITA, disse ter hesitado muito em escrever sobre isto, porém, considerou que só o facto de Tomás Bica das milícias ter sido cogitado para Governador de Luanda, como se diz por aí, a ponto do mesmo ter rebentado uns champanhes antecipados, é um facto temerário.

"Espero bem que "o das milícias" tenha sido enganado por um colaborador brincalhão do PR JLo e que o seu nome nunca foi levado sequer como proposta a mesa do Presidente da República", avançou o deputado Luiele.

É que, disse ainda, distraído como anda o PR, a ponto de exonerar e nomear defuntos, ainda podia inadvertidamente nomear "o do apito" para Governador e num ápice teríamos as milícias a reinar em toda a Província.

"Já imaginaram? Além disso, o gesto seria o reconhecimento de que o modelo Tomás Bica de administração é efectivamente republicano e, por isso digno de ser replicado em outros espaços do nosso território. Já imaginaram?", questionou.

Por último, sublinhou que o risco do MPLA produzir/reproduzir bolsonaros em Angola está bem patente. "Não podemos nos distrair".

Refira-se que, antes do de exoneração, pelo presidente da República, a Governadora de Luanda, Joana Lina, o administrador Tomás Bica, terá sido informado que seria o novo Governador de Luanda.

O administrador do Cazenga, tendo considerado real a informação, estava alegadamente preparando condições para se instalar no Palácio do Governo Provincial de Luanda, o que não veio a acontecer.

Rate this item
(0 votes)