Segunda, 17 de Mai de 2021
Follow Us

Sexta, 16 Abril 2021 12:50

Novo embaixador americano em Angola nasceu na República Democrática do Congo

O diplomata americano nascido na República Democrática do Congo, Tulinabo Salama Mushingi, será o próximo embaixador dos Estados Unidos em Angola e São Tomé e Príncipe, confirmou a Casa Branca.

Mushingi, de 63 anos de idade nasceu no então Congo Democrático quando este país estava ainda sob dominação colonial da Bélgica, e estudou no Instituto Superior Pedagógico em Bukavu, onde obteve uma licenciatura e um mestrado.

Mais tarde, depois de emigrar para os Estados Unidos, obteve um outro mestrado pela Universidade de Howard e um doutoramento em Linguísticas pela Universidade de Georgetown em 1989.

A sua dissertação foi no uso do Swahili como meio de educação.

Mushingi juntou-se ao Departamento de Estado em 1993 e trabalhou na embaixada americana em Moçambique entre 1994 e 1996.

Teve também postos diplomáticos na Tanzânia, Marrocos e Malásia.

Tulinabo Salama Mushingi foi o primeiro cidadão americano nascido em África a ser embaixador num país do continente e, numa entrevista em 2013, afirmou que “teria sido um privilégio representar os Estados Unidos da América em qualquer país do mundo, mas ir para África como o primeiro africano naturalizado americano é mais especial para mim....(porque) posso demonstrar que na verdade quando se abrem oportunidades para o povo nesses países africanos pode haver esperança”.

Mushingi, que fala português, vai substituir Nina Maria Fite, que ocupa o cargo em Luanda desde Novembro de 2017.

Entretanto, o primeiro país africano de língua portuguesa onde Mushingi foi embaixador foi a Guiné-Bissau, embora residente no Senegal, onde se encontra neste momento.

Ao mesmo tempo, a Casa Branca anunciou que será o embaixador americano na Guiné-Bissau e no Senegal, mas residente em Dakar.

Raynor foi embaixador na Etiópia e Benin e vice-embaixador no Afeganistão.

Ele também exerceu o cargo de director executivo no Departamento de Assuntos Africanos do Departamento de Estado.

Rate this item
(1 Vote)

Log in or Sign up