Segunda, 27 de Mai de 2024
Follow Us

Quarta, 30 Outubro 2013 19:50

Porque razão a "oposição ao Regime" em Angola não reage face à actual vergonha Nacional?

Já passaram mais de 6 dias, desde que despoletou o maior balde de água fria de sempre em Angola, vinda do Brasil, contra o regime ditatorial do presidente Jose Eduardo dos Santos, e que se traduz num verdadeiro escândalo sem precedentes, do tamanho do continente negro.

O presente mandato de captura feita pela Interpol, contra Bento Kangamba, o sobrinho por afinidade do ditador JES, e de outros generais, e ou membros do executivo do ditador, de cujos nomes certamente um dia virão à tona, este mandato de captura, se traduz nas seguintes consequências imediatas:

A Republica Federativa do Brasil tem actualmente assinados, tratados de extradição, com vários países do planeta entre os quais: Argentina, Austrália, Bélgica, Bolívia, Chile, Colômbia, Coreia do sul, Equador, Espanha, Estados Unidos, Franca, Itália, Lituânia, todos os países que fazem parte da MERCOSUL, México, Peru, Portugal, Reino Unido, Suíça, Uruguai e Venezuela, quando já estão em curso, as assinaturas de tratados do gênero, com a Ucrânia e Angola entre outros países.

Feitas as contas, Kangamba, e muitos outros membros do regime de JES, se agora vez deixaram riquezas roubadas de Angola, nalgum desses países, já as perderam. Porque, nunca poderão ousar voar, para os países acima citados, sendo que serão imediatamente presos, e logo extraditados para o Brasil.

O mais grave para Angola, no meio de toda essa autentica vergonha nacional, e a excessiva colagem da oposição ao regime, a JES. O pode conduzir, a muitos Países do Planeta e ou  intlecutuais Angolanos, a cogitar que muitos lideres da oposição em Angola, possam também ter a culpa no cartório, razão pela qual se calhar, assistimos esta gritante letargia, por parte da oposição em Angola.

De resto, será que não haverá em Angola, lideres da Oposição que se calhar, terão feito já sociedades comerciais, com Bento Kangamba, e que agora foram também apanhados com as calcas na Mao, razão pela qual, nunca se vão pronunciar?

Para aqueles da oposição, que não tem compromissos estranhos com o delinquente Kangamba, e que fazem parte do poder, por isso se sentem presos pelo regime, por medo de perderem o tacho, que fiquem sabendo que o mundo civilizado, nunca esteve de olho sobre todos os lideres Angolanos como agora.

Por outras palavras, a vossa letargia face a esta nojenta situação, pode conduzir o mundo, a ter que presumir que toda a oposição em Angola seja autênticos cúmplices do regime de JES.

Por isso, a Oposição e toda a sociedade civil em Angola, deveria dar um período de graça ao ditador JES, dando-lhe se calhar o beneficio da duvida, antes de Angola inteira, ir à rua para pedir a demissão de JES e de todo o seu governo.

Esta ferramenta, que repousa na actual constituição e que pode ser usada sem prévio aviso, e a única e valida para que Angola seja minimamente moralizada livrando-se desta delinquência institucional.

Se a oposição e toda a sociedade civil Angolana ainda têm dificuldades de fazer a leitura desta mensagem, que o mundo esta enviar desde Brasil, então, esta oposição surda e muda, deveria entender duma vez por todas, que o mundo civilizado, já cortou o pescoço do regime de JES Ca fora, estando este agora confinado, praticamente só em Luanda.

Por outras palavras, o mundo só esta agora a espera que os Angolanos, façam a sua parte e logo esperar, como reage o ditador JES, para logo condena-lo ou castiga-lo conforme for a sua reação.

Porem, JES nunca conseguira conter a voz de milhões de Angolanos frustrados, sendo que o que esta acontecer hoje em Angola, já não agrada mais a maior franja do próprio MPLA, assim como as Forcas Armadas.

Estas ultimas, a muito passam fome, e para piorar, agora as FAA, já usam armamento usado ou avariado, comprado por homens de JES, na ânsia de açambarcar o erário publico de Angola.

““Na verdade, trata-se por e simplesmente de Angola livrar-se desta delinquência, sendo que não existe hoje em Angola, condições jurídicas dentro do” poder legislativo Angolano” para castigar JES, razão pela qual, seu executivo usa e abusam os Angolanos.

O mais importante, e que os patriotas do MPLA, se unam a esta causa comum, e que o movimento seja feito pacificamente, sem vinganças, de qualquer espécie, sempre com o interesse de convencer JES, de que ele perdeu credibilidade e ponto final.

Se um dia os Angolanos, foram à rua com mais de 50 mil pessoas, pedindo a cabeça da coitada Suzana Inglês fora da CNE, e logo se calhar era melhor que ela se tivesse mantido, porque no fim quer a UNITA quanto os outros partidos, ficaram ainda com menos deputados do que no passado, uma vez que tal, nunca travou a massiva fraude eleitoral de agosto de 2012.

Hoje, os Angolanos não podiam ter a melhor razão, para convencer JES, parando o pais, com muito mais de 50 mil pessoas nas ruas, pacífica e simultaneamente, dizendo a JES, a África e ao mundo, de que a delinquência do ditador afinal, já não atinge só os Angolanos e que o ditador deve partir.

Jose Eduardo dos Santos negociara certamente a sua partida, porque já sabe que já perdeu credibilidade no mundo civilizado. Na presente situação, ate mesmo os Russos e os Chinês, certamente já estarão também, cogitado em outros interlocutores em Angola.

Angola, e os seus lideres, não devem esquecer que a nossa terra, em cobiçada por vários países do mundo, os quais, cada pais, com certeza já terá, o seu plano para aproveitar todas as nossas fraquezas, sempre com vista tirar suas vantagens.

Basta vermos, a presença de tantos estrangeiros ilegais na nossa terra, com o destaque para os Chinês.

O melhor político, e aquele que e capaz de fazer a leitura do rumo da sua terra, por centenas de anos, e nunca por apenas "quinze dias" tal como JES, faz com Angola.

Caso os lideres Angolanos, não saibam fazer tais leituras, dentro de 30 anos no mínimo, Angola, poderá ter se calhar deputados de origem Asiática, Maliano etc., para não falar na eventual futura eleição, dum presidente daquelas origens.

Os nossos lideres, nunca devem abster-se do seu dever patriótico, de salvarem a nossa terra dessa hecatombe, só porque muitos deles comem com o JES, quando o dinheiro já e pertença de todos os Angolanos.

Jonas Savimbi, apesar de haver sido odiado por uns, mas querido por muitos, terá sido o único factor da dissuasão em Angola, razão pela qual, seu desaparecimento físico só aprofundou a ditadura em Angola.

Porem existirão com certeza factores externos, que terão levado o prematuro desaparecimento físico do Dr. Savimbi, onde certos países julgavam que JES, era de facto um "Santo” quando contrariamente hoje, já manda Kangamba ca fora, violar, abusar e desabusar, das filhas daqueles países.

Como a política, e uma arte, em que tudo e possível agora oposição Angolana, precisam-se, para mandar JES para sua casa.

Por outras palavras, o mundo esta tão desesperado, a procura de lideres para tomarem o poder em Angola, que ate o Brasil, que foi o primeiro pais, a reconhecer a Independência de Angola, hoje esta sendo o primeiro, a ajudar os Angolanos, a tocar o sino da liberdade, do 25 de Abril Angolano.

Voltando a vaca fria, que os nossos lideres da Oposição em Angola e toda a sociedade civil da nossa terra, saibam ler com atenção esta reflexão.

Doutro modo, Angola vai ter que esperar outras eleições fraudulentas de 2016, quando já esta mais do que claro , que estamos sendo governados por delinquentes, com os quais, uma oposição que se prese, nunca pactuaria com estes delinquentes.

Que Deus abençoe Angola

Orlando Fonseca

Analista político

Miami florida

U  S  A

Rate this item
(0 votes)