Domingo, 25 de Setembro de 2022
Follow Us

Segunda, 08 Agosto 2022 16:08

Fraude montada - MPLA derrota confirmada

Ao longo do processo eleitoral, depois da tomada de posse do presidente não eleito em 2017, a fraude para as eleições de 2022 tinha dado os primeiros passos. O partido Estado não se inovou nas estratégias de fraude segundo as circunstâncias; usou, usa os mesmos métodos de 1992, 2008, 2012, 2017 e por isso quase tudo vem a tona.

Uma coisa é certa, hoje a fraude é visível e evidente. A fraude anda nua; é como um cão na linguagem de Sindiangany Bimbi. João Lourenço é o epicentro da fraude e o MPLA é a estrutura do mal.

A TPA1,2,3 e 4, a RNA e suas filiais, a Angop de forma arrepiante brincam, abusam do povo como se o mesmo fosse uma descarga na hora das necessidades maiores. CNE, o Tribunal Constitucional, o Supremo, o ministério do Interior, da Defesa, de igual modo. Olhando para esse cenário, a fraude atingiu o pico do mal e da satisfação de João Lourenço e dos seus interesses. 

Ora vejamos, a CNE até hoje, não afixou os cadernos eleitorais e as listas nas administrações locais, comunais, municipais e provinciais para que cada um soubesse onde votar e se pudesse corrigir os erros existentes. Até agora, nada e nem se pode esperar que  tragam esses cadernos eleitorais  nesses dias. Poderá acontecer na semana eleitoral, infelizmente! Os mortos votarão! Caso concreto são os meus pais que morreram faz 12 anos; desde sempre votaram na escola n.9 no kioche, hoje , foram separados; o pai irá votar no ciclo da massangarala e a mãe na escola 327 da Fronteira. Já não existem, mas votarão seguramente.

Fontes bem lúcidas do regime disseram-nos que todos os delegados do sistema já foram credenciados e são quase todos agentes de contra inteligência. Farão de tudo  ocupar a Mesa número 1. Enquanto para o oposição, falo da FPU apenas, tudo se fará para não serem credenciados até ao dia 23 conforme diz a lei. Haverá obstáculos em credenciá-los. Já vêm como  será o processo e o procedimento naquele dia caso não haja estratégias para inverter tal conduta?

As circuntâncias que vivemos hoje são outras e quase todos sofrem a desgovernação do regime e por isso se clama por mudanças. Por mais desrespeito da Constituição e da lei, por mais reuniões  realizadas no palácio e que se realizarão ainda ao longo desses dias e nos próximos dias, a derrota de João Lourenço e do seu MPLA será confirmada no dia 24 de agosto.

Jlo deve saber que as altas patentes do ministério do Interior, da Defesa e dos Serviços Secretos são humanos e muitos deles lúcidos e intelectuais; amam a pátria e como se não bastasse, João Lourenço não pode saber, muito menos conhecer o interior das ideias de cada um daqueles que Ele pretende manipular .

Portanto, João Lourenço, deixe de desenformar, fazendo-se de vítima; quem quer a guerra, a intolerância é o Senhor e os seus lambe botas; deixe de interferir nos tribunais, na comunicação social …

Senhor João Lourenço, aceite o jogo limpo. Ainda vai a tempo de sair do Poder com dignidade. Será uma vergonha infinita a Si, a sua familia e os seus seguidores se continuar acreditar nos bajuladores; use pelo menos uma vez na vida ideias próprias se quiser ter uma velhice amena e tranquila.

O pacto de estabilidade nacional é um bem sobretudo para Si e os seus. Leve muito a sério esse projecto proposto pela oposição.

O Senhor já perdeu as eleições, falta apenas a confirmação no dia 24 de agosto.

Por Talagongo Okola  

Rate this item
(1 Vote)