Terça, 20 de Abril de 2021
Follow Us

Terça, 16 Fevereiro 2021 13:01

JLo: um projecto fracassado da CIA

Com o aumento progressivo da corrupção no seu consulado, JLO tornou- se num projecto fracassado da CIA. O agente secreto da CIA que em meados da década de 90 era périto neste campo e louvado pelos norte- americanos, sendo apontado como o único investimento da CIA no círculo do MPLA, observa agora o seu governo a colocar os pés no palco da desgraça.

Com a corrupção a crescer como musgos crescentes em troncos velhos, Lourenço torna – se num verdadeiro fracasso para os fins que nutrem os desejos da CIA. A corrupção, um dos mais temidos núcleos da desgraça, no círculo dos factores que ditam a evolução de qualquer nação, tornou- se no fardo mais pesado atado às costas da sua governação.

JLO emocionado pelo poder da vingança quis fazer – se mais forte que um leão, tendo marchado em périplo os quatro cantos do mundo à extender o seu antecessor que tê – lo – á dado o poder de bandeja. Pela ironia do destino, a corrupção um dos seus mais elevados fundamentos no juízo que tange uma luta sem quartel contra os seus inimigos de trincheira transformou – se num bem inegável aos prazeres mais ousados dos seus próximos.

Tentou bater – se contra a corrupção, porém, o destino foi tão infeliz ao ponto de Lourenço ter - se transformado numa incógnita absoluta, num homem fadado de ruína e incapaz de dar direcção aos destinos da nação, tendo transformado a corrupção que tratou de ser um mal que supera a guerra aos nossos dias, na sua única refeição em termos de governação.

Pratica – se tanta corrupção na governação de JLO, como se praticava nos tempos que se foram, enquanto isso, acusa – se um polícia de trânsito por ter recebido míseros trocados nas ruas (…), outrossim, os apaniguados de JLO viciaram – se em desviar milhões de dólares do erário público aos bancos estrangeiros, como se esse fosse sua propriedade predilecta.

JLO é um fracasso total para os que se envaidece em apontá- lo como solução de alguma coisa, aliás, nem mesmo sabe como encontrar solução viável para a crise económica que se vive aos nossos dias. O MPLA vai acabar de forma prematura se persistir em Lourenço numa aposta para salvar – se da sua desgraça, aliás, nenhum cego pode guiar o outro cego, ambos cairão na cova, Lourenço nem mesmo da sua própria deriva pode salvar – se, jamais poderá salvar o Partido da desgraça que lhe atroa.

É hora do MPLA despir – se do medo de colocar uma outra voz nos destinos do Partido, é hora de dizer basta! Há que ter presente que com Lourenço o fracasso será inevitável, se o MPLA quiser se salvar dessa deriva toda deve afastar JLO dos destinos do Partido e escolher uma outra figura que venha dedicar o seu tempo e a sua vida ao bem do MPLA.

JLO é um projecto fracassado da CIA. Se JLO concorrer às eleições de 2022 como representante do MPLA será banido por Adalberto da Costa Júnior (representante da UNITA) quem propaga uma alta popularidade no círculo nacional (sobretudo entre os mais jovens), quem tomou do povo angolano a sua maior admiração e o seu maior entusiasmo. Adalberto da Costa Júnior está prestes de ser o novo timoneiro da nau angolana, basta o MPLA persistir num projecto fracassado da CIA: João Manuel Gonçalves Lourenço.

Outrossim, num tom fadado de pleonasmo, pode – se afirmar que, caso o MPLA persista em ter JLO nos destinos do País, em 2022 não terá hipótese alguma de ganhar as eleições gerais, aliás, nem mesmo um milagre feito por satã ou qualquer deus pagão salvá – o – á da sua própria derrota eleitoral. É hora de colocar em frente dos destinos do MPLA alguém que faça da diferente numa medida do progresso, alguém que concentra as suas atenções à supremacia do Partido e a sua hegemonia, alguém que coloque em primeiro lugar o MPLA e os seus interesses, alguém que lute pelo MPLA, alguém que salve o MPLA, como o fez em 1963 Mário Pinto de Andrade e os seus ao disputarem o espaço internacional com a UPA.

JLO é um projecto totalmente fracassado da CIA. O mulato das pedras (Adalberto da Costa Júnior) nascido no sul do País, porém, tratado com um golpe xenofóbico vindo das mãos de um estrangeiro nascido em Catanga (JLO) poderá batê – lo nas urnas de 2022, como Mike Tyson bate num bebê. JLO não terá nada de recurso para defender – se da derrota eleitoral que se aproxima.

JLO além de ser congolense não é patriota, enquanto os angolanos vivem na sombra do desespero, fruto de uma crise econômica que JLO não sabe achar nenhuma solução, mesmo com o Hospital Maria Pia sem oxigénio para manter vivos os seus doentes nos Cuidados Intensivos, Lourenço preferiu imitar a doutrina dos fariseus e fazer – se de inocente, tendo enviado balões de oxigênio aos hospitais de Moçambique, provando ao mundo inteiro que ama mais Moçambique que Angola, talvez seria lá onde passaria a sua reforma no pós – governo. JLO deu provas claras que em Angola é simplesmente um estrangeiro que adquiriu nacionalidade, a sua real terra é Katanga, na República Democrática do Congo, na pequena aldeia de Lubumbashi.

JLO está agarrado à corrupção como um bebê agarra – se às mamas da mãe, e pratica a corrupção como se fosse uma arte preciosa, os desejos exuberantes dos seus sequazes são apenas satisfeitos por essa prática. Todavia, é mister afirmar que, há necessidade imperiosa do MPLA escolher uma nova figura às eleições gerais de 2022 para enfrentar Adalberto da Costa Júnior, uma vez que, JLO transformou – se num cabrito que lutará com um elefante nas eleições de 2022, sua popularidade ficou totalmente esmagada como o míssil de um migue destrói um carro. Lourenço falhou em todos os seus programas de bandeira, não sendo capaz de dar solução a nenhum problema no âmago nacional, aliás, desfez quase tudo. Fez do País num retrocesso absoluto, e há provas claras, segundo as quais, JLO deixará os cofres do País totalmente falidos e afundar

Por Manuel Francisco Salumba

Rate this item
(1 Vote)

Log in or Sign up