Quarta, 22 de Setembro de 2021
Follow Us

Segunda, 04 Janeiro 2021 21:23

Porque razão os moradores da centralidade do Kilamba transformaram o capim como se fosse a casa de banho?

Nos últimos dias surgiram lamentos por parte dos moradores da centralidade da Cidade do Kilamba em Luanda, (CK) em virtude do regime do ditador Angolano, João Manuel Gonçalves Lourenço (JLO), haver cortado a água na naquela centralidade razão pela qual agora os que moram na CK, transformaram o capim, como se fosse a casa de banho, onde fazem as suas necessidades, maiores/menores etc.

Ai está, tudo isso simplesmente acontece, vergonhosa/ironicamente, em plena capital Angolana, centro do poder político do regime, encabeçado pelo político menos inteligente, alguma vez os do MPLA, hajam conseguido produzir e que inexplicavelmente o ex-presidente, José Eduardo dos Santos, (JES) de maneira irônica, cometeu o erro de palmatória de haver deixado ai, de mão beijada o poder, ao ditador João Lourenço, (JLO) erro de palmatória esse, de cujo os precedentes, só a história um dia se encarregaria de julgar.

Porém, aqui fica um recado para o regime casmurro de Luanda:

Na era moderna, nos países do primeiríssimo mundo, tais como os EUA, Austrália e o Canadá por exemplo, requalificar cidades, municípios etc., os experts dão como o primeiro passo, o de traçar linhas diagonais, na totalidade da zona/zonas, a requalificar com vista determinar, quais seriam as áreas industriais, as de lazer, as comerciais, as do aterro do lixo, as escolares etc., etc.

Sempre e quando, o desidrato acima descrito haja tido lugar, então iniciaria eventualmente o complexo processo da construção do sistema de esgotos de drenagem etc., etc.

Antes de se iniciar a construção na zona os bancos são chamados a intervir com vista a financiar o projecto ou projectos.

Para o efeito os futuros moradores/clientes, terão adquirido/comparado já, a metade ou 3 quartos das propriedades em causa, através naturalmente do financiamento bancário, etc., de cujo os juros, são determinamos pelo Departamento do tesouro nacional etc., com vista a que o governo e ou o sector privado, encarregado na implementação do referido projecto, ir ao mesmo tempo, iniciando já outro ou outros projectos, noutros lugares e assim sucessivamente.

O traçar das linhas diagonais que me referi acima, com vista a separação das diversas zonas por mim mencionadas, visam criar as necessárias condições, com vista a que quando as populações se mudarem para as novas cidades, naturalmente já encontrariam lá trabalho, escolas, hospitais, centros comerciais, parques de lazer, piscinas aquáticas públicas, etc., etc., como consequência, evitaria engarrafamentos nas cidades, desempregos etc., etc.

Com resultado, havendo a criação de mais e mais empregos, se suprimiria a criminalidade nas cidades ou no país e a polícia, teria menos trabalho e como consequência, haveria mais condições de trabalho, para a tranquila implementação, ou forçar o cumprimento das leis.

Ao mesmo tempo, que se iria melhorando a qualidade de vida das populações etc., e o país no caso Angolano, começaria a renascer das cinzas do marxismo Leninismo, agora encabeçado pelo ditador casmurro de JLO.

Se calhar eu, poderia dar aqui aos compatriotas um sem # de outros exemplos substanciais, sobre como se ergueria uma Califórnia, que o outro indivíduo aí, falsamente prometeria aos Benguelenses, porém isto vos prometo, para que seja matéria para outro artigo de opinião.

Feliz ano novo para todos e que o 2021 seja bastante próspero para todos.

Por Orlando Fonseca

Miami Sul da Flórida / EUA

Rate this item
(1 Vote)

Log in or Sign up