Terça, 22 de Junho de 2021
Follow Us

Quarta, 23 Dezembro 2020 16:26

Forças Armadas Angolanas deveriam defender a Republica de Angola e não o MPLA

Quando os generais, Abílio Kamalata Numa e o finado general João Baptista de Matos, foram investidos como os primeiros oficiais generais, no quadro da formação do embrião do que viria a ser constituído o exército único Angolano, a ideia segundo a constituição da República de Angola, era de que as forças armadas Angolanas FAA, seriam verdadeiramente apartidárias.

Porém, os Marxistas Leninistas (ML)do MPLA, criaram de propósito na República de Angola, um verdadeiro sistema corrupto que transformou as forças armadas também certamente corruptas, com vista a se tornarem leais aos marxistas de Luanda, razão pela qual os do MPLA se tem mantido no poder ao longo dos últimos 45 anos do poder consecutivos.

Logo, os olhos de qualquer país civilizado incluindo os Estados Unidos da América e os seus aliados, jamais serão convencidos por Luanda, de que os do MPLA teriam abandonado o marxismo Leninismo, quando claramente as forças armadas Angolanas são e ou a muito foram transformadas como sendo um instrumento actualmente ao serviço de JLO, sua mulher Ana Dias Lourenço e sua família.

Na verdade, o dito acima não se trata de qualquer opinião e muito menos seja uma suposição, se não uma autêntica realidade nua e crua, que temos vivido em Angola, nos últimos anos, razão pela qual JLO, se mantem ali os marimbondos (CM) na Cidade Alta em Luanda.

Por isso se quisermos ter um país organizado, de cujo o respeito pelas instituições todos Angolanos sem exceção devem ter, ou se queremos que sejamos respeitados pelos outros países, incluindo os chamados países do primeiro mundo, as nossas forças armadas tem de começar a intender de uma vez por todas, que as FAA, não são pertença do Sr JLO e da sua mulher Sra. Ana Dias Lourenço e muito menos sejam pertença do falecido pai dele Sr Cerqueira Lourenço.

Quando JLO, está a assaltar o erário público Angolano, ali no CM e ou quando este presidente que veio, ou nasceu em Katanga está verdadeiramente a humilhar oficiais generais aí em Angola, incluindo a recente detenção do general Bento Kangamba, pelos miúdos ocorridos ali no Sul do nosso país, ou o eminente aprisionamento do general Francisco Higino Lopes Carneiro.

Na verdade, num país de generais pensantes e ou sempre e quando os nossos oficiais generais intendessem corretamente a doutrina sobre qual foram criadas, esta hora a matéria constante neste artigo de opinião teria sido extemporâneo.

De resto JLO só continua a adiar/atrasar a sua partida para o olho da rua prevalecendo ali no CM, em parte porque os nossos soldados, oficiais generais, etc., desconhecem o facto de que as FAA não foram criadas para a defesa de um homem que perdeu a reputação faz tempo se não a defesa da instituição que se chama presidência da República de Angola.

Que Deus abençoe Angola e todos os filhos e filhas de Angola.

Por Orlando Fonseca

Miami Sul da Flórida / USA

Rate this item
(0 votes)

Log in or Sign up