Segunda, 26 de Outubro de 2020
Follow Us

Terça, 22 Setembro 2020 17:17

João Lourenço adaptou a polícia corrupta e assassina perfeitamente

Á sua forma de gestão criminosa do país: Entre outras mudanças para o pior destacam-se sem dúvidas este trabalho de João Lourenço na sua gestão criminosa do país ao legitimar o exercício da violência policial como forma de manter o controlo da sociedade.

O que está em jogo nessa sua mecânica, desastrosa, corrupta, assassina e incompetente forma de gestão é também não tocar nos seus assassinos e corruptos de estimação porque lhe dão muito jeito.

Pois só assim se percebe essa sua insistência em se manter rodeado de criminosos como Laborinho e outros tantos, mesmo ele não sendo diferente dos demais. Não lhe ficaria nada mal se responsabilizasse os mandantes dos assassinatos dos angolanos de todos os dias.

Está cada vez mais longe e aos olhos de todos os angolanos as possibilidades de se cobrar por parte dos policiais um tratamento justo e respeitoso. Pois tudo indica que tal não se enquadra ao sistema de gestão criminosa do país que João Lourenço tem como opção.

Polícia hoje em Angola foi transformado em assassino, corrupto e ladrão, pois se os governantes não se imaginam poderem sobreviver sem roubos. Sem lavagens de capital com alguns assassinatos encomendados no meio entre eles, tantos outros esquemas e fintas que não passam pela cabeça do cidadão mais pacato desta Angola. Sendo isto assim, o que resta ao polícia pobre, preto, sujo, pedinte, bêbado, liambeiro e só educado para matar?

Senão ir matando aqui e acolá, roubando, trambicando, traficando armas, solturas e prisões se isto ao menos lhe faz ganhar reputação e louvores junto das chefias de quem recebe ordens?

Continuarei

Por Fernando Vumby

Rate this item
(0 votes)

Log in or Sign up