Quarta, 19 de Junho de 2024
Follow Us

Órfãos das vítimas de 27 de Maio de 1977 denunciaram hoje “erros grosseiros” e “falta de transparência” da comissão angolana encarregada da investigação e entrega dos restos mortais das vítimas da alegada tentativa de golpe de Estado.

Published in Sociedade

O presidente da UNITA, Adalberto Costa Júnior, afirmou que as histórias das vítimas do 27 de Maio de 1977 "continuam a ecoar como um lembrete sombrio das consequências da intolerância e do autoritarismo", defendendo a construção de um País onde todos os cidadãos "possam viver em segurança e dignidade, livres do medo da repressão e da violência".

Published in Politica

Vítimas e órfãos do 27 de maio expressaram “repúdio” face a respostas do governo angolano às Nações Unidas e dizem que não se tratou de um “conflito político”, mas sim de um processo de desaparecimentos e execuções sumárias e extrajudiciais.

Published in Sociedade

Cinco anos depois de João Lourenço ter criado uma Comissão de Reconciliação e dois anos após ter pedido desculpas às famílias das vítimas, a pacificação está longe de ser realidade. Órfãos e sobreviventes criticam a Comissão.

Published in Politica

O deputado Mário Pinto de Andrade do MPLA, no poder em Angola, considerou que os conflitos do 27 de Maio de 1977 resultaram de “contradições da luta de libertação nacional”.

Published in Politica
Página 1 de 10