Sábado, 13 de Julho de 2024
Follow Us
Destaques

Destaques (191)

O presidente da UNITA (oposição angolana) disse hoje que o partido “não está em campanha interna”, estranhando as declarações do ex-líder Isaías Samakuva, que não descartou uma recandidatura à presidência do partido fundado por Jonas Savimbi.

O ex-presidente da UNITA, Isaías Samakuva, disse esta quinta-feira, 11, que foi contra a criação da Frente Patriótica Unida (FPU), porque "não foram respeitados alguns princípios".

O líder da UNITA disse hoje que é legítimo os familiares de Jonas Savimbi assumirem a direção da Fundação que homenageia o fundador do partido, associando “o barulho” em torno desta entidade às eleições de 2027.

O Tribunal da Comarca de Luanda emitiu esta semana um mandado de captura contra o empresário Edson Caetano de Oliveira, proprietário da empresa Xtagiarious Finance, acusado de ter burlado centenas de pessoas em largos milhões de kwanzas e cujo julgamento decorre naquela corte judicial, por constantes ausências do arguido nas sessões de julgamento, soube o Novo Jornal junto do tribunal.

No passado sábado, 22 de junho, o partido UNTRA (Unidade Nacional para a Total Revolução de Angola) realizou uma manifestação pacífica em Luanda, perto do mercado de São Paulo. O encontro foi dedicado aos principais problemas enfrentados pelo povo angolano. Entre outras coisas, o vice coordenador geral do partido, Leonardo Marcos, levantou uma questão que recentemente tem sido ativamente discutida na mídia e nas redes sociais. Trata-se da construção de uma base militar dos EUA em Angola.

O reforço da cooperação militar entre Washington e Luanda chegou a um novo degrau. Os Estados Unidos já estão a construir uma base militar em Angola. O Deutsche Welle relatou isso em 12 de junho.

O Grupo Parlamentar da UNITA (GPU) manifestou-se, nesta quinta-feira, 20, indignado com os reiterados casos de mortes nos hospitais públicos, em consequência de situações caricatas, de falta de disciplina e de má gestão das unidades sanitárias do país.

Analistas dizem que uma base dos EUA já estará a ser instalada no norte de Angola. Luanda não se pronuncia sobre isso. A concretizar-se, seria uma violação da Constituição e teria consequências para o país e a região.

A Procuradoria-Geral da República (PGR) angolana considerou hoje “frutífera” a ida do seu líder à Suíça em busca de ativos “ilícitos” do empresário luso-angolano São Vicente, referindo que o processo vai passar por negociações entre os Estados.

O Governo angolano e os sindicatos chegaram a acordo sobre o salário mínimo nacional e as atualizações salariais da função pública, o que deverá levar a desconvocar a greve geral marcada para a próxima semana.

Página 1 de 14