Terça, 27 de Fevereiro de 2024
Follow Us
Destaques

Destaques (163)

Um cidadão angolano procurado no seu país por ter fugido da cadeia onde cumpria uma pena de 10 anos, pelo crime de tráfico internacional de estupefacientes, foi expulso de Moçambique, foi hoje anunciado.

O Presidente de Angola, João Lourenço, nomeou hoje Rui Falcão ministro da Juventude e Desportos, substituindo no cargo Palmira Barbosa, nomeada em setembro de 2022, informou hoje a secretaria de imprensa da presidência.

O Presidente em exercício da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC) e chefe de Estado angolano, João Lourenço, defendeu hoje a urgência de uma ação coordenada e eficaz para se travar o surto de cólera.

O Tribunal Supremo (TS) angolano anunciou hoje que a defesa de Hélder Vieira Dias “Kopelipa” recorreu do despacho de pronúncia que confirma o julgamento do general, emitido a 20 de dezembro, depois da fase de instrução.

José Eduardo dos Santos só confiava na filha para fazer o saneamento económico e financeiro da Sonangol. Isabel dos Santos, obrigada ou por ambição, aceitou o cargo e a opção acabou por ser o princípio do fim da sua carreira empresarial.

O Presidente da República aproveitou o discurso da cerimónia de tomada de posse do novo inspector-geral da Administração do Estado (IGAE) para dizer que este organismo não pode substituir o Serviço de Investigação Criminal (SIC) ou o Ministério Público quando ocorrem operações conjuntas.

O Ministério das Relações Exteriores convocou, sexta-feira, o encarregado de Negócios da Embaixada da República do Gabão em Angola, Wilfrid Ndundji Mundungue, para pedir explicações a respeito do insólito acontecimento ocorrido no seu país contra o presidente da Comissão da Comunidade Económica dos Estados da África Central (CEEAC), Gilberto da Piedade Veríssimo, de nacionalidade angolana.

O Ministério Público (MP) vai enviar uma carta rogatória para Angola a pedir a acusação contra a empresária Isabel dos Santos num processo relativo à sua gestão na petrolífera Sonangol, adiantou a Procuradoria-Geral da República (PGR).

Isabel dos Santos associou hoje o processo por suposta gestão danosa na Sonangol a um “calendário político” do Presidente angolano, João Lourenço, que quer conquistar popularidade para um terceiro mandato e afastar as pessoas que se lhe opõem.

Cinco cidadãos foram detidos e apresentados este domingo, em Luanda, pelo Serviço de Investigação Criminal (SIC), devido ao envolvimento no assalto que culminou com a morte do sociólogo angolano Laurindo Vieira.

Página 1 de 12