Quarta, 29 de Março de 2023
Follow Us

Quinta, 10 Setembro 2015 15:44

É seguro encontrar um amor pela internet?

Encontrar uma pessoa para dividir a vida não é das tarefas mais fáceis. Ter certeza de que as pessoas são realmente quem elas querem que você pense que são também não. E quando esse contato acontece pela internet tudo pode ser ainda mais complicado. Pode ser, mas isso não é uma regra.

Existem várias maneiras de se conhecer alguém e a internet não é a mais estranha ou menos confiável delas. Você pode checar todos os dados da pessoa, fazer buscas e relacionar as coisas. O que você precisa é, no começo de tudo, não se entregar de olhos fechados. Mas você não faria isso em nenhum tipo de relacionamento, faria?

Da mesma maneira que você pode conhecer uma pessoa no mundo de carne e osso e ela parecer algo que não é, na internet isso também acontece. A diferença é que é ainda mais fácil criar um personagem no ambiente virtual, com fotos retocadas e opiniões cheias de cuidado.

Para checar informações você tem as redes sociais, buscadores que procuram até fotos por compatibilidade e conexões entre seus amigos e essa pessoa. Vale lembrar que encontrar alguém pela internet é coisa de adulto, crianças e adolescentes nunca devem conversar com desconhecidos e muito menos marcar encontros.

Amigo do amigo

Encontrar um amor entre os amigos dos amigos é a maneira mais segura. Você tem para quem perguntar se tudo aquilo é verdade e pode ficar mais tranquila de que aquela pessoa – a aparência, as informações e as opiniões – realmente existe.

Depois de conversar muito, você ainda pode marcar um encontro totalmente seguro com um grupo de amigos junto. Mas não ache que pessoas malucas não aparecem em todos os lugares. Já ouvi histórias de encontros marcados em um grupo de amigos em que o cara chegou achando que era dono da garota antes mesmo do primeiro encontro pessoalmente. Assustador, mas pelo menos ela tinha um grupo para ajudá-la a se livrar da peça.

Sites de relacionamento

Tudo dito ali pode ser verdade. Ou mentira. Você vai precisar pagar para ver. Mas é claro que dá para ter pistas de que tem algo estranho na conversa da pessoa. E para isso é necessário conversar em chats online e não só trocar mensagens que são respondidas com tempo para se pensar. Tudo o que é “ao vivo”, mesmo se por meio de um computador, dá mais pistas de quem a pessoa realmente é.

Na hora do encontro, cuidado! Leve sempre uma companhia e escolha lugares públicos durante o dia. Um shopping é muito mais seguro do que uma balada. Mas ainda assim fique atenta: se o cara chegar com um grupo de amigos, por exemplo, tome cuidado. Ninguém vai para um encontro com uma galera e você não sabe os reais interesses daquela pessoa.

Chat online

Esse é o lugar mais difícil de saber se aquela pessoa é mesmo aquela pessoa. Se vocês só conversarem por ali e começar a surgir um interesse, peça o link das redes sociais. Se ela não tiver, desconfie. Alguém que passa tanto tempo online deve ter algum perfil que mostra quem ela é, não?

Perfis sem amigos, sem posts, só com mulheres lindas ou cheio de perfis falsos adicionados são um aviso para bloquear o pretendente ou manter o papo, mas sem levar nada para o mundo real.

Sexting

Cuidado com a troca de mensagens sensuais, fotos e intimidades. Por mais que você passe horas e horas conversando com a pessoa do outro lado da tela, não a conhece e não sabe ainda se ela é digna de confiança. Mantenha o papo em uma linha segura.

Você é, sim, uma pessoa com interesses sexuais e desejos, mas não anda na rua contando isso para todo mundo, não é? Conversar com desconhecidos é a mesma coisa: você não precisa entregar todo o ouro assim de cara. Mantenha a curiosidade e sua segurança.

Imagina se entregar e depois descobrir que era seu chefe/primo/vizinho/conhecido se passando por outra pessoa? É claro que a culpa não seria sua, afinal você não fez nada errado, mas ia ser um saco lidar com os frutos desse problema!

Por Carol Patrocinio

Yahoo

Rate this item
(0 votes)