Quinta, 20 de Junho de 2024
Follow Us

Segunda, 13 Mai 2024 20:43

Inflação em Angola atinge um máximo de sete anos e ultrapassa os 28% em abril

A inflação em Angola voltou a aumentar em abril, pelo 12.º mês consecutivo, registando uma variação homóloga de 28,02%, um máximo de quase sete anos, segundo o Instituto Nacional de Estatística (INE).

A Folha de Informação Rápida (FIR) do Índice de Preços no Consumidor Nacional (IPCN) indica que esta variação representa um acréscimo de 17,61 pontos percentuais em relação à observada em igual período do ano anterior.

Em março, a inflação tinha atingido 26,09% em termos homólogos.

É preciso recuar a junho de 2017, altura em que a inflação se situou em 30,51% para encontrar um valor mais elevado, segundo as estatísticas do site Trading Economics consultadas pela Lusa.

Em termos mensais, o IPCN registou uma variação de 2,61% entre março e abril de 2024 (2,54% em março), o aumento mais elevado desde setembro de 2018, sendo as provincias de Luanda, Huíla e Cabinda, as que registaram maior variação (3,26%, 2,48% e 2,34%, respetivamente)

A classe “Saúde” foi a que registou o maior aumento de preços, com uma variação de 3,25%, destacando-se igualmente as subidas nas classes “Alimentação e bebidas não alcoólicas” (3,13%), “Vestuário e calçado” (2,84%) e “Hotéis, cafés e restaurantes” (2,59%).

Em Luanda, capital do país, os preços dispararam 38,87%, um acréscimo de 28,77 pontos percentuais em relação ao período homólogo.

Rate this item
(0 votes)