Sexta, 14 de Junho de 2024
Follow Us

O major das Forças Armadas Angolanas (FAA) Pedro Lussati acusou, na denúncia enviada à Assembleia Nacional, o general Fernando Garcia Miala de o ter mantido, durante 44 dias, em cárcere privado, na sequência de várias tentativas de assassinato, para ficar com mais de 100 milhões de dólares norte-americanos seus — dinheiro este que o chefe do Serviço de Inteligência e Segurança de Estado (SINSE) lhe teria dito que ficou com o Presidente João Lourenço.

Published in Sociedade

Em causa está todo o desdobramento processual e operativo, incluindo factos a si imputados pelo Ministério Público (MP), levados a efeito no âmbito da ‘Operação Caranguejo’ — o conhecido mega-esquema de corrupção que envolveu altas patentes das FAA ligadas à ex-Casa de Segurança da Presidência da República —, ora apelidada por Pedro Lussati de “farsa teatral”, alegadamente urdida pelo general Fernando Miala, com o objectivo de espoliá-lo dos seus bens e contar uma mentira ao país.

Published in Sociedade

A pena do major angolano Pedro Lussati, condenado por peculato em 2022, foi reduzida dois anos, deixando insatisfeito o advogado que reforçou o apelo para a libertação do militar e vai recorrer para o Tribunal Supremo.

Published in Sociedade

O cadastramento do extinto Batalhão de Transportes da Casa Militar do Kuando Kubango e da companhia de Transportes da Casa Militar do Kwanza-Sul criados por iniciativa do general Eusébio de Brito Teixeira, apurou a existência de 234 efectivos legais, ao contrário do registo de 3.005 militares.

Published in Sociedade

A Procuradoria Geral da República e os Tribunais podem ficar com uma parte dos activos, financeiros e não financeiros do major Pedro Lussati e Isabel Dos Santos, avaliados em mais de 30 milhões de dólares, por força do Decreto Presidencial que ordena a atribuição às duas instituições de 10 por cento dos bens recuperados no âmbito do combate à corrupção

Published in Sociedade
Página 4 de 22