Sábado, 02 de Março de 2024
Follow Us

Quarta, 21 Junho 2023 12:25

Cidadão chinês espancado até à morte por três seguranças por alegar que estes terão furtado cimento no seu armazém

Um cidadão de nacionalidade chinesa foi espancado mortalmente por três seguranças por alegar que estes terão furtado 13 sacos de cimento de 50 kg do seu estabelecimento em Malanje, informa o SIC.

O crime ocorreu no bairro Cangambo, município sede, quando o cidadão chinês, na qualidade de chefe, no momento de verificar o negócio, notou que estavam em falta 13 sacos de cimento e acusou de imediato os seguranças, por serem os responsáveis pela vigilância do armazém.

Os funcionários receberam mal as acusações chefe pelo desaparecimento da mercadoria, imobilizaram-no, amarrando os seus membros e o pescoço com cordas.

De seguida desferiram vários golpes no corpo, não tendo o homem aguentado aos ferimentos e acabou por morrer, explica o chefe da área de comunicação institucional e imprensa do SIC-Malanje, Augusto Barros André.

O Serviço de Investigação Criminal local esclarece que, dos três seguranças acusados pela morte do patrão, apenas um foi detido e os outros dois encontram-se foragidos, mas diligencias já prosseguem no sentido de os localizar, bem como detê-los.

O detido será encaminhado para o juiz de garantia. NJ

Rate this item
(1 Vote)