Quinta, 29 de Setembro de 2022
Follow Us

Quinta, 02 Junho 2022 16:47

PIDECOOP do CNJ prevê criar cem mil empregos até 2027 em todo país

O Programa Integrado de Desenvolvimento de Cooperativas (PIDECOOP), tenciona criar nos próximos cincos anos, cerca de cem mil novos postos de trabalho, em todo o país, com a implementação de PIDECOOP, numa iniciativa do Conselho Nacional da Juventude (CNJ).

O presidente da maior plataforma juvenil em Angola, Isaías Kalunga, afirmou que o primeiro passo foi dado com o lançamento do programa no dia 28 de Maio, em cerimónia realizada no Centro de Conferência de Belas, em Luanda, diante de mais de três mil jovens pertencentes a várias organizações no país.

Na ocasião, Isaías Kalunga, disse que daqui para diante será feito um trabalho muito aturado com a banca nacional ou parceiros internacionais, que segundo o líder do Conselho Nacional da Juventude (CNJ), poderão criar mecanismos de financiamento para as 18 mil cooperativas que serão criadas nesse âmbito.

De acordo com o CNJ, o Programa Integrado de Desenvolvimento de Cooperativas (PIDECOOP), “é um programa da organização, que tem por objectivo o fomento ao empreendedorismo e bem como o auto-emprego por via do cooperativismo como alavanca para ajudar o Executivo, enquanto maior parceiro da plataforma para colmatar as dificuldades de empregabilidade no seio da camada juvenil do país”.

“O PIDECOOP prevê criar um total de cem mil postos de emprego até 2027 depois de criadas as cerca de 18 mil cooperativas e devidamente financiadas pelas instituições bancárias”, reforçou Isaías Kalunga.

Para o presidente do Conselho Nacional, “a juventude, enquanto maior património da sociedade angolana terá de ser partícipe no processo massivo de desenvolvimento socioeconômico, que o Executivo vem levando a cabo nos últimos cinco anos de governação, e bem como, ser parte da história da revolução socioeconómica e industrial a que se pretende alcançar no país nos próximos anos, referiu.

Rate this item
(0 votes)