Sábado, 25 de Setembro de 2021
Follow Us

Quarta, 30 Junho 2021 13:06

Angola regista primeiros casos das variantes brasileira e indiana da covid-19

Angola registou os primeiros casos das variantes brasileira e indiana, esta ultima, caracterizada como a mais agressiva, de maior transmissão e mais letal.

A informação foi avançada pela Ministra da Saúde, Sílvia Lutucuta, que anunciou a notificação de 1 caso da variante brasileira, e 4 casos da variante indiana, além das variantes inglesa e sul-africana, estas ultimas  com maior predominância no país. A titular da pasta da saúde  fala em aumento.

Na ocasião ministra da Saúde, Sílvia Lutukuca, assegurou, para breve, a recepcção de um novo lote da vacina russa Sputnik para administrar a segunda dose. O país recebeu, em Maio, 40 mil doses da vacina russa Sputnik, de um lote de 12 milhões, para imunizar seis milhões de pessoas. A janela entre a administração da primeira a segunda dose é de 90 dias.

Em declarações à Angop sobre o Plano de Vacinação, Sílvia Lutukuta tranquilizou os cidadãos vacinados com a Sputnik, reafirmando a administração da segunda dose dentro do prazo previsto.

A ministra destacou que, actualmente, estão a ser administradas a segunda dose da Sinopharm e da Pfizer.

Considerou, por outro lado, que a população já tem um melhor conhecimento sobre a importância da vacinação e está mais aberta.

O plano nacional prevê vacinar cerca de 54 por cento da população, um total de 16.823.284 indivíduos maiores de 16 anos, e reduzir a mortalidade, o aumento de casos de Covid-19 e permitir a retoma das actividades económicas e sociais.

Rate this item
(0 votes)

Log in or Sign up