Sexta, 18 de Junho de 2021
Follow Us

Domingo, 16 Mai 2021 18:10

Morre de ataque cardíaco em Luanda o delegado do Grupo Castel em Angola

A Direção do Grupo Castel e os seus parceiros angolanos anunciam o falecimento do seu administrador-delegado, em Angola, Philippe Frédéric, ocorrido na noite de sábado (dia 15), em Luanda, após um ataque cardíaco.

De nacionalidade francesa, Philippe Frédéric chegou a Angola, em 1986, tendo participado no desenvolvimento da Indústria Petrolífera Angolana, de acordo com a nota de condolências a que Angop teve acesso neste domingo.

Em 2009, juntou-se ao Grupo Castel como administrador-delegado das empresas em Angola, contribuído para a evolução das actividades do referido grupo, no qual lançou a implementação da fazenda de produção de milho em Malanje.

"Ocupou o leme em crises sucessivas, durante a queda repentina do preço do petróleo e, mais recentemente, durante a luta contra a pandemia do Covid-19, sem nunca perder o optimismo", lê-se na mensagem de condolências.

Em outra mensagem, o ministro da Indústria e Comércio, Victor Fernandes, diz ter tomado conhecimento, com muita dor, do falecimento do administrador Delegado do Grupo Castel Angola, Philippe Frédéric.

"Philippe esteve sempre ao lado das grandes e nobres causas de luta para o desenvolvimento do sector industrial, em particular da Indústria de Bebidas, a qual sempre se mostrou um valente e assertivo combatente", expressa o governante.

Face ao sucedido, Victor Fernandes endereça, em nome do colectivo de trabalhadores e colaboradores do Ministério da Indústria e Comércio, os seus sentimentos de profundo pesar à família enlutada, aos amigos e colegas.

Em solo angolano, Philippe Frédéric também exerceu as funções de Presidente do Conselho Fiscal da Associação das Indústrias de Bebidas de Angola (AIBA). R7

Rate this item
(1 Vote)

Log in or Sign up