Segunda, 04 de Julho de 2022
Follow Us

Segunda, 29 Novembro 2021 10:13

Incidente diplomático em viagem de Marcelo Rebelo de Sousa a Angola

Diplomata proíbe adido militar na embaixada portuguesa em Luanda de se despedir do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa em Angola

Um incidente diplomático e protocolar entre o embaixador português em Angola, Pedro Pessoa e Costa, e o adido militar na nossa embaixada em Luanda, coronel Guedes Vaz, ensombrou a visita do Presidente da República a Angola por ocasião da Bienal de Luanda 2021 - Fórum Pan-Africano para a Cultura de Paz.

Segundo apurou o CM, o diplomata deu ordem ao militar para não estar presente à chegada de Marcelo, ordem que foi contrariada pelo coronel do exército. Perante esta atitude, o embaixador proibiu a presença do militar nas cerimónias de despedida do Chefe de Estado, que hoje chega a Lisboa. Perante esta ordem direta, o militar não esteve presente.

Segundo apurou o CM, não existem indicações da Presidência para que os adidos militares colocados nas embaixadas estejam presentes à chegada ou partida do Presidente. Em termos protocolares, a única entidade obrigada a estar presente é o embaixador, que tem autonomia para se fazer acompanhar de quem quiser.

O CM questionou a Presidência da República sobre este incidente, mas até este domingo à noite não obteve qualquer resposta.

Também foi questionado o Ministério dos Negócios Estrangeiros sobre o sucedido. Fonte oficial do Palácio das Necessidades disse ao CM que “não foi reportado ao ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros ou ao seu Gabinete qualquer incidente como o que o CM descreve”.

Pedro Pessoa e Costa é embaixador em Luanda desde 2020. Antes foi embaixador no Panamá. O CM apurou que o embaixador deve ser substituído em janeiro de 2022 pelo diplomata Francisco Alegre Duarte, que serviu em Timor-Leste, em Nova Iorque (junto das Nações Unidas) e que também já passou por Angola. Questionado sobre as razões desta mudança, o Ministério dos Negócios Estrangeiros também nada disse.

Assessor de Costa nomeado para Luanda em 2022

O sucessor de Pedro Pessoa e Costa será o atual assessor diplomático do primeiro-ministro António Costa. Francisco Alegre Duarte assumiu o cargo em outubro de 2019. Entretanto, oeste domingo Marcelo Rebelo de Sousa e o embaixador Pedro Pessoa e Costa visitaram o bispo D. Alexandre do Nascimento após o Presidente ter assistido a uma missa na Igreja da Sagrada Família em Luanda. CM

Rate this item
(1 Vote)