Sábado, 22 de Janeiro de 2022
Follow Us

Sexta, 22 Novembro 2013 03:38

Camaradas - Vamos a manifestação com alegria

Peço humildemente a militância livre e democratica, a todos os amigos e simpatizantes do MPLA a manifestarem-se publicamente e sem medo, no dia 23 de novembro de 2013.

É dever de todo cidadão em democracia fazer chegar o seu protesto publicamente aos destinatários detentores do poder através dos mais diversificados meios disponíveis em democracia. Em momentos como esses, não importam as cores partidárias de cada cidadão, o mais importante é apoiar todas as boas iniciativas que visem trazer a mais democracia que vise dar liberdade em ir e vir e, sobretudo lutarmos para que todos no país tenhamos as mesmas oportunidades, e que no país exista uma imprensa amiga amante da liberdade de expressão. Não é o que vivenciamos no nosso país, onde um reduzido número de pessoas têm tudo e a maioria vive com menos de dez dólares mensais.

Não somos propriedade do Mpla nem  do seu presidente vitalicio e muito menos da sua família bilionária.

Camaradas vai haver uma manifestação convocada pela UNITA visa em parte resolveu lancetar do nosso meio o medo e dar um basta aos constantes morticínios protagonizados pelo regime totalitarista infelizmente sustentado a coberto do nosso partido.

Apenas a CASA-CE e a FNLA estão até o momento de fora

Reconhecemos que não estaremos todos representados nessa magna reunião reivindicadora de rua, porque a CASA-CE e a FNLA ficaram de fora, desejo felicidades para eles e que tenham sempre razão em tudo que fazem em prol do nosso povo maldosamente maltratados pelos sequazes do regime, porem acredito que pela nossa experiência os militantes que se encontram de costas viradas com a atual direção do MPLA não virara costas a esse ato magistral realizado pela primeira vez no nosso país após a fraude eleitoral.

Apelo a todos descontentes a participar na manifestação pacifica

Apelo a toda militância do MPLA a juntar-se a nós nessa manifestação pacifica, estaremos lá muitos membros do MPLA nessa manifestação de âmbito nacional para fazer sentir a nossa solidariedade pela exemplar coragem de relevante importância para a democracia que pretendemos venha a acontecer no nosso país.

Trinta e quatro anos é demais, vamos juntos reclamar camaradas.

O MPLA de Eduardo dos Santos que esta no poder a trinta e quatro anos não é o dono do país nem é dono do pensamento do povo que se quer livre.

O MPLA não é o dono da alma dos militantes do MPLA nem é o salvador das nossas almas. Como cristãos nós angolanos, militantes do MPLA já temos um Salvador, Jesus Cristo o messias.

Não somos propriedade do partido MPLA, no poder a trinta e oito anos, nem somos escravos de eduardo dos santos no poder a trinta e quatro anos.

Nada devemos ao partido no poder, e nada temos a temer por participarmos num encontro entre democratas livres da prisão politica partidária imposta por aqueles que teme ouvir a voz dissonante do povo que alegremente se manifestará nas ruas e calçadas das nossas muitas cidades.

Viva o povo livre das amarras impostas pelo amedrontado regime, liberdade paz e democracia não são apanágio de José Eduardo dos Santos e seus seguidores.

Abaixo a pobreza, fora com o nepotismo e a corrupção.

Basta com os constantes assassinatos.

A Luta continua até o fim.

Camaradas o fim esta a chegar e juntos seremos mais fortes, somos todos angolanos e cidadãos antes de sermos filiados do MPLA.

Raul Diniz

 

 Militante do “M” Movimento Popular de Libertação de Angola

Rate this item
(0 votes)

Log in or Sign up