Domingo, 19 de Mai de 2024
Follow Us

Segunda, 29 Janeiro 2024 18:19

Sonangol diz que não tem qualquer ligação com o navio petroleiro atacado no mar vermelho

A Sonangol suspendeu desde o inicio deste mês a circulação dos seus navios petroleiros pelo mar vermelho e pelo golfo de Áden, por causa dos ataques protagonizados pelo grupo rebelde Houthis do lémen.

Quando necessário circular os navios da SONANGOL estão a usar rotas alternativas para atingir os seus destinos.

Na passada sexta-feira, os rebeldes Houthis atacaram no mar vermelho o navio Marlin Luanda. Muitos órgãos de informação diziam que o navio era angolano, o que foi desmentido pela Sonangol.

De acordo com o Comando Central dos EUA (Centcom), ligado ao Departamento de Defesa norte-americano, o Marlin Luanda foi atingido por um míssil disparado do Iêmen controlado pelo grupo rebelde Houthi. Segundo informou a Trafigura, empresa operadora do petroleiro, a tripulação está em segurança e o incêndio no tanque de carga foi controlado. Como divulgou a empresa, "o navio está agora navegando em direção a um porto seguro". 

Rate this item
(0 votes)
Last modified on Segunda, 29 Janeiro 2024 18:33