Sexta, 09 de Dezembro de 2022
Follow Us

Sexta, 29 Abril 2022 16:53

CNJ afirma ser necessário apelo do Presidente da República sobre investimento privado no país

O Conselho Nacional da Juventude (CNJ) afirma estar a “corresponder positivamente” aos constantes apelos do Presidente da República, João Lourenço, sobre a necessidade do investimento privado, com vista a alavancar a economia do país e que o Estado não seja o principal empregador.

O secretário para a informação do CNJ, Joveth Silva, disse que tem sido em resposta aos apelos do Titular do Poder Executivo, que a sua organização “vem criando diversos projectos para o fomento de emprego no seio dos jovens em todo o país”.

Frisou que um dos projectos de maior relevância que poderá criar mais de dois mil empregos está a nascer na província do Bengo, com a criação de fábrica de transformação de produtos agrícolas, numa parceria do Conselho Nacional da Juventude.

Joveth Silva fez saber que a direção do CNJ “está a fazer contactos com os órgãos auxiliares do Presidente da República para caso haja disponibilidade de tempo do Chefe de Estado, João Lourenço, possa brindar com o corte de fita na inauguração da fábrica parceria do CNJ no final de Julho deste ano, a aquela que será considerada a fábrica da juventude”, disse.

Salienta-se que, a referida fábrica de investimento privado, localizada na província do Bengo, vai gerar cerca de 2500 empregos “e entra em funcionamento no final de Julho, tão logo venha a ser inaugurado se possível pelo Chefe de Estado João Lourenço”, reforçou Joveth Silva.

“É um marco histórico alcançado pela nossa instituição dirigida por Isaías Kalunga”, sublinhou o jovem, acrescentando que “todo esse esforço empreendido pelo CNJ, foi interpretado como uma orientação do Presidente da República João Lourenço quando sempre se dirigindo a juventude”, para quem os futuros generais virão dos campos de cultivo.

Rate this item
(0 votes)