Terça, 31 de Janeiro de 2023
Follow Us

Sexta, 09 Dezembro 2022 12:19

Braço juvenil do BD exige libertação dos jovens acusados de difamar e caluniar João Lourenço

A Juventude Bloquista (JB), o braço juvenil do partido Bloco Democrático (BD), exige que os três jovens implicados nos alegados crimes de difamação e calúnia contra o Presidente João Lourenço e ultraje ao Estado angolano sejam postos em liberdade, por não haver matéria que os incrimine.

“Nós exigimos que as autoridades reponham a liberdade dos jovens, pois crime nenhum se verificou. A liberdade de expressão é um recurso que todo o cidadão tem ao seu dispor e o seu exercício não pode ser condicionado por vontade de um regime que não respeita opiniões e vozes de protesto”, declara a Juventude Bloquista numa nota de protesto, tornada pública esta quarta-feira, 7.

O braço juvenil do BD, que afirma estar a seguir o caso junto dos familiares dos implicados, defende que “os três jovens foram detidos por, de forma pacífica e em pleno gozo dos seus direitos constitucionalmente consagrados, analisarem a realidade social do país de forma comparativa, expondo a miséria que se abate sobre o povo angolano, por falta de políticas sérias e administrativamente producentes do executivo”.

A nota, que se refere à detenção dos três jovens funcionários da empresa China Wei — destacada no Novo Aeroporto Internacional Dr.º António Agostinho Neto, sito no Bom Jesus, município de Icolo e Bengo —, avança que os acusados foram “arbitrariamente retirados dos seus postos de trabalho, detidos e levados para local incerto”.

“Isto aconteceu dentro das instalações do Novo Aeroporto Internacional, segundo informações que membros da família nos fizeram chegar”, refere a nota.

Entretanto, no comunicado que fez nesta quarta-feira, 7, o Serviço de Investigação Criminal (SIC) admitiu apenas a detenção do cidadão Madureira Joaquim Bastos, mais conhecido por ‘Maestro Pada’ ou ‘Paizinho’, na sequência de um mandado de busca e captura, por proferir “insultos” contra o Presidente João Lourenço.

O jovem detido, de 24 anos de idade, solteiro, serralheiro de profissão aparece num vídeo de internet a anunciar que receberiam o “nosso gatuno”, referindo-se à figura do Presidente João Lourenço, que, no sábado passado, 3, visitou as instalações do novo aeroporto internacional de Luanda.

Ainda segundo o porta-voz do SIC, Manuel Halaiwa, outras diligências estavam em curso para a captura de Raimundo Pecela e Evaristo Calopepa, tidos como foragidos. Os dois jovens aparecem no mesmo vídeo ao lado de Madureira Joaquim Bastos, que já terá reconhecido a sua autoria, mas alegado que teria em estado alcoolizado. Isto é Noticia

Rate this item
(0 votes)