Segunda, 26 de Outubro de 2020
Follow Us

Quarta, 20 Junho 2018 13:02

Presidente angolano exonerou ministro dos Transportes

O chefe de Estado angolano, João Lourenço, exonerou hoje Augusto Tomás do cargo de ministro dos Transportes, tendo nomeado para aquelas funções Ricardo Viegas de Abreu, até agora secretário para os Assuntos Económicos do Presidente da República.

Segundo uma nota de imprensa da Casa Civil do Presidente da República, o chefe de Estado nomeou, noutro despacho com base na proposta do Conselho Superior da Magistratura Judicial, as seguintes entidades:

Exalgina Renée Vicente Olavo Gambôa, para o cargo de Juíza Conselheira Presidente do Tribunal de Contas;

Domingas Alexandre Garcia, para o cargo de Juíza Conselheira Vice-Presidente do Tribunal de Contas;

Elisa Rangel Nunes – Juíza Conselheira do Tribunal de Contas;

Joaquim Mande – Juiz Conselheiro do Tribunal de Contas;

Rigoberto Kambovo – Juiz Conselheiro do Tribunal de Contas.

Contudo, a exoneração de Augusto Tomás, antigo ministro da Economia e Finanças de Angola e na tutela dos Transportes desde a presidência de José Eduardo dos Santos, surge cerca de duas semanas depois da polémica em torno da anunciada parceria público-privada para a constituição de uma companhia aérea.

Já este mês, o Presidente angolano, João Lourenço, anunciou que a parceria não iria avançar, sem adiantar mais pormenores: "Não vai adiante, não vai sair, não vai acontecer, por se tratar de uma companhia fictícia".

Em maio último foi anunciado, em Luanda, a constituição do consórcio público-privado para lançar a Air Connection Express, que pretendia garantir voos domésticos em Angola e que juntava, além da companhia de bandeira TAAG, a Airjet, Air26, Diexim, Mavewa, Air Guicango, Bestfly e a SJL, algumas destas com relações a membros do Governo angolano.

A construtora canadiana Bombardier chegou mesmo a anunciar a 06 de maio que iria fornecer, por 198 milhões de dólares (165 milhões de euros), seis aviões Q400 para a Air Connection Express, conforme contrato assinado em Luanda, na presença do ministro dos Transportes de Angola, Augusto Tomás.

Rate this item
(0 votes)

Log in or Sign up