Sábado, 18 de Mai de 2024
Follow Us

Terça, 07 Março 2023 11:49

João Lourenço visita o Japão entre 12 e 15 de março

O Presidente angolano, João Lourenço, inicia em 12 de março uma visita oficial de trabalho de três dias ao Japão, país ao qual se desloca pela primeira vez, para aprofundamento das relações bilaterais

Segundo uma nota do Ministério dos Negócios Estrangeiros japonês, João Lourenço, que irá acompanhado da primeira-dama, Ana Dias Lourenço, irá ser recebido pelo imperador do Japão, Naruhito e pela imperatriz, Masako, em Tóquio.

Irá igualmente manter um encontro com o primeiro-ministro, Kishida Fumio, e visitar Nagoya e Quioto.

A nota da diplomacia japonesa realça o “alto potencial económico de Angola”, devido ao petróleo e riqueza em recursos minerais, bem como a parceria com um país de “bases políticas estáveis sob a presidência de João Lourenço, que foi reeleito após eleições democráticas”.

O Governo do Japão espera que a visita “venha a reforçar a cooperação bilateral”, acrescenta-se no documento.

O Japão tem apoiado fortemente o processo de desminagem em Angola e implementa projetos nos setores da Saúde, Educação, Assistência Alimentar, Telecomunicações e Agricultura, com um volume de negócios na ordem dos 50 milhões de dólares (46,9 milhões de euros), a nível de comércio.

Entre os maiores projetos privados destaca-se o desenvolvimento do Porto do Namibe, em execução pela empresa Toyota Tsusho Corporation, avaliado em cerca de 700 milhões de dólares (656,5 milhões de euros).

A cooperação bilateral entre Angola e o Japão teve início em 1988 como Ajuda de Emergência, por via do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef).

Depois do fim da guerra no país africano, em 2002, o Japão passou a cooperar com Angola na Assistência às Áreas de Desminagem, Reinserção Social de Ex-Militares e Reintegração de Refugiados, segundo a agência de notícias angolana, Angop.

Esta é a primeira visita oficial de João Lourenço ao estrangeiro desde o início do ano, embora tenha participado na cimeira da União Africana que decorreu em Adis Abeba (Etiópia) e na semana do Ambiente em Abu Dhabi, capital dos Emirados Árabes Unidos.

O chefe de Estado angolano iniciou o ano no Brasil, onde assistiu à tomada de posse do seu homólogo, Lula da Silva, que é esperado em Luanda ainda neste semestre.

Angola recebeu também várias visitas de alto nível desde janeiro, primeiro com o Presidente da Zâmbia, Hakainde Hichilema, em janeiro, mês também escolhido para as deslocações dos chefes da diplomacia chinês, Qi Gang, e russo, Serguei Lavrov.

Em fevereiro, foi a vez dos reis de Espanha chegarem ao país, na sua primeira visita à África subsaariana, e, na semana passada, Angola foi uma das etapas do périplo africano do Presidente francês, Emmanuel Macron.

Rate this item
(0 votes)