Domingo, 28 de Novembro de 2021
Follow Us
Rate this item
(0 votes)

Angola foi apanhada numa “tempestade perfeita” de vários factores que afectam o mercado de petróleo e para a qual não tem saída imediata, disse  Flávio Inocêncio, autor do livro “A Organização dos Países Exportadores de Petróleo: O caso de Angola”.

Página 484 de 489

Log in or Sign up