Menu
RSS

Presidente da República exonera 22 oficiais superiores do Estado-Maior e das FAA

Presidente da República exonera 22 oficiais superiores do Estado-Maior e das FAA

O Presidente da República, João Lourenço, exonerou nesta segunda-feira oficiais superiores das Forças Armadas Angolanas (FAA), depois de ter ouvido o Conselho de Segurança Nacional.

Para as movimentações, João Lourenço baseou-se na Constituição da República de Angola, na Lei da Defesa Nacional e das Forças Armadas Angolanas. Eis os exonerados:

General Sequeira João Lourenço, do cargo de Secretário Executivo da Casa Militar;

Tenente-general Alfredo Tyaunda, do cargo de Comandante da Unidade da Guarda Presidencial;

Tenente-general António Mateus Júnior de Carvalho, do cargo de Secretário para os Assuntos de Defesa e Forças Armadas da Casa Militar;

Tenente-general João António Santana, do cargo de Director Adjunto do Gabinete de Acção Psicológica e Informação da Casa Militar;

Tenente-general José João, do cargo de Comandante da Unidade de Segurança Presidencial;

Tenente-general Francisco Lombá Dias dos Santos, do cargo de Secretário para os Assuntos de Interior e Polícia Nacional, da Casa Militar;

Brigadeiro André Magalhães, do cargo de Comandante Adjunto da Unidade da Guarda Presidencial para a Educação Patriótica;

Brigadeiro António Milagre Roque Alves de Lima, do cargo de Chefe dos Serviços de Saúde da Casa Militar;

Brigadeiro Filipe Figueiredo, do cargo de Chefe do Centro de Direcção de Telecomunicações e Informática do Comandante-Em-Chefe;

Brigadeiro Filomeno António Pereira, do cargo de Chefe da Secção de Operações da Secretaria Executiva da Casa Militar;

Brigadeiro Luís Adelino Minguês Candamba, do cargo de 2º Comandante da Unidade da Guarda Presidencial;

Brigadeiro José Domingos Francisco, do cargo de Comandante Adjunto da Unidade de Segurança Presidencial.

Na sequência das movimentações de oficiais generais, João Lourenço nomeou:

General Sequeira João Lourenço, para exercer o cargo de Chefe Adjunto da Casa de Segurança do Presidente da República;

Tenente-general Alfredo Tyaunda, para o cargo de Comandante da Unidade da Guarda Presidencial;

Tenente-general António Mateus Júnior de Carvalho, para o cargo de Secretário para os Assuntos de Defesa e Forças Armadas;

Tenente-general João António Santana, para o cargo de Consultor do Ministro de Estado e Chefe da Casa de Segurança do Presidente da República;

Tenente-general José João, para o cargo de Comandante da Unidade de Segurança Presidencial;

Tenente-general Francisco Lombá Dias dos Santos, para o cargo de Consultor do Ministro de Estado e Chefe da Casa de Segurança do Presidente da República;

Brigadeiro André Magalhães, para o cargo de Comandante Adjunto da Unidade da Guarda Presidencial para a Educação Patriótica;

Brigadeiro António Milagre Roque Alves de Lima, para o cargo de Chefe do Gabinete de Saúde da Casa de Segurança do Presidente da República;

Brigadeiro Filipe Figueiredo, para o cargo de Secretário para os Assuntos de Telecomunicações e Informática da Casa de Segurança do Presidente da República;

Brigadeiro Filomeno António Pereira, para o cargo de Consultor do Ministro de Estado e Chefe da Casa de Segurança do Presidente da República;

Brigadeiro Luís Adelino MinguêsCandamba, para o cargo de 2º Comandante da Unidade da Guarda Presidencial;

Brigadeiro José Domingos Francisco, para o cargo de Comandante Adjunto da Unidade de Segurança Presidencial para a Educação Patriótica.

João Lourenço, nos termos da Constituição e dos Estatutos da Casa de Segurança do Presidente da República, exonerou os seguintes quadros:

Daniel Mingas Casimiro, do cargo de Director do Gabinete de Estudos de Segurança da Casa Militar;

António Guilherme Herman Gonçalves Mangueira, do cargo de Director do Gabinete de Voo Presidencial da Casa Militar;

Leonel Pinto da Cruz, do Cargo de Director do Gabinete de Obras Especiais da Casa Militar;

Na sequência, o Presidente da República nomeou:

Daniel Mingas Casimiro, para o cargo de Director do Gabinete de Estudos Estratégicos;

António Guilherme Herman Gonçalves Mangueira, para o cargo de Director do Gabinete de Voo Presidencial;

Leonel Pinto da Cruz, para o cargo de Director do Gabinete de Obras Especiais.

..
..
back to top

Recomendamos