Menu
RSS

Finalmente MPLA bateu o murro na mesa contra a nomeação da Isabel dos Santos

Finalmente MPLA bateu o murro na mesa contra a nomeação da Isabel dos Santos

Deputados da Bancada Parlamentar, do Movimento Popular de Libertação de Angola, MPLA, partido que sustenta o governo de Luanda, que reuniram na passada quinta feira, com a filha do presidente Jose Eduardo dos Santos, Isabel dos Santos, bateram verdadeiramente o murro da mesa, contra a nomeação da filha do presidente de Angola, como a Patroa da Sonangol.

Por Orlando Fonseca | Miami/Florida - USA

Os legisladores, que pediram para que seus nomes não sejam citados pelo menos por agora, condenaram o camarada presidente, pelo facto de JES, haver pontapeado todas as leis Angolanas, referentes a probidade publica, aprovadas pela Assembleia Nacional.

Ao nomear a sua própria filha/filhos, para cargos públicos mais importantes do pais, o camarada presidente, está a transformar Angola, uma autentica Monarquia, onde o camarada JES e o Rei, esvaziando assim, todos os poderes da Assembleia da Republica de Angola.

Esta atitude corajosa dos deputados do MPLA, constitui simplesmente, o início da fuga, dos patrióticos legisladores/militantes do MPLA, que aparentemente viajavam com JES/seus filhos, dentro "dum barco Titanic”, que a muito largou os cabos, estando agora já no alto mar.

Fuga esta, que se traduz no desconhecimento, do porto de partida deste Titanic, por parte dos Deputados da Bancada Parlamentar do MPLA.

Na verdade, este visível/solido descontentamento patriótico, demonstrado pelos camaradas Deputados do MPLA, representa o mais sério golpe, contra a construção da Monarquia, em curso em Angola, por parte do camarada presidente JES/seus filhos.

O MPLA, pode agora haver dado o primeiro passo razoável, enviando uma clara mensagem ao camarada presidente Santos, lembrando a JES, que Angola tem uma constituição multipartidária e, que só as Forças armadas privadas, que protegem o presidente Santos, nunca serão suficientes, para que a Monarquia em Angola, seja um facto consumado, sem o apoio do MPLA e dos seus militantes.

Na verdade, tal como temos dito, estes actos despóticos, praticados pelo presidente Santos, contra os seus compatriotas em Angola, afectam a todos os Angolanos, incluindo o próprio MPLA, a sofrer as primeiras consequências, antes dos partidos políticos da oposição, a sociedade civil e o resto dos 24 milhões, que constituem a maioria da população dos povos de Angola.

Essa plausível atuação, verdadeiramente patriótica dos Deputados do MPLA, em confrontar o descaramento e falta de vergonha, da Isabel dos Santos, que em representação do seu pai JES, convocou legisladores do MPLA.

Convocatória essa, que levou Isabel dos Santos, a tentar convencer os deputados do MPLA, a aceitarem a sua nomeação na Sonangol, só demonstra o desespero, da família dos Santos, ao mesmo tempo, que representa um acto de brutal abuso/brincadeira de mau gosto, contra todos os Angolanos.

Por isso, e urgente que MPLA, tome a dianteira, com vista a que JES/seus filhos, resolvam pacificamente, este perigoso conflito, que os opõe ao próprio MPLA, em primeiro lugar, aos partidos políticos da Oposição, a Sociedade Civil e a todos os povos de Angola.

De outro modo, aqueles que no mundo, tem sede de vender armas, poderiam eventualmente criar mais movimentos armados em Angola, com vista a combater esta Monarquia, de cuja a construção está em curso, no pais do Sudoeste de África.

Na verdade JES, parece haver criado já, todos os ingredientes necessários para o efeito, na terra Angolana, numa altura em que Angola, vive a sua pior crise politica, económica, financeira, etc., tendo o camarada presidente, empobrecido escandalosamente os Angolanos, onde só os filhos de JES são os escandalosos bilionários ou detentores de tudo na nossa terra.

Para tal, e urgente que se criem condições pertinentes, para que se inicie um diálogo nacional permanente em Angola, com vista a reconciliar todos os Angolanos e Angolanas.

Ainda bem que finalmente o MPLA já chegou a feliz conclusão de que, as pesadas/penosas consequências, de bajular por bajular, o camarada presidente dos Santos, incluindo o culto de personalidade a JES, consequências estas, que se traduziram no escandaloso enriquecimento ilícito da família dos Santos etc. etc.

Por essa razão, JES/seus filhos, estão agora a monopolizar quer os destinos do MPLA, assim como os de Angola, ao mesmo tempo que pairam os fantasmas da Monarquia dos Santista na nossa terra.

Parar a Monarquia dos Santista em Angola, e honrar as memorias dos Dr, Antônio Agostinho Neto, Jonas M. Savimbi, a memória de Álvaro Holden Roberto, do Professor N, Fulupinga N, Landu Victor e de todos os nacionalistas, que deram as suas vidas, para uma Angola melhor para todos os seus filhos.

Pátria para todos

Que Deus abençoe Angola e os Angolanos

Ler também: Os deputados do MPLA zangados com a nomeação da Isabel dos Santos na Sonangol

Last modified onSegunda, 27 Junho 2016 11:58
.
.
.
.
back to top

Recomendamos